Menu
Busca terça, 26 de janeiro de 2021
Ponta Porã

Hélio vai beneficiar agricultura familiar através com a Fundação Banco do Brasil

16 novembro 2016 - 13h22Por Redação
O prefeito eleito de Ponta Porã, Hélio Peluffo, garantiu apoio a um dos mais importantes programas que beneficiam os agricultores familiares do município. Nesta semana ele se reuniu com os responsáveis pela execução do Programa Balde Cheio, que visa, através da expansão da pecuária leiteira, proporcionar melhorias para os moradores do Assentamento Itamarati.

Clayton Maciel, representante da gerência de monitoramento e avaliação da Fundação Banco do Brasil, Vitor Carlos Neves, coordenador do projeto e a Irmã Olga Manosso, da Associação da Escola Família Agrícola da Fronteira – AEFAF, estiveram mostrando ao prefeito eleito, os detalhes do projeto que envolve 80 famílias.

"Nosso objetivo é ampliar o número de famílias beneficiadas e também criar novas ações, em parceria com a Fundação Banco do Brasil", disse Hélio Peluffo Filho. Ele elogiou o trabalho desenvolvido pela AEFAF e garantiu que, ao assumir o cargo em janeiro de 2017, estará empenhado em ampliar as ações para beneficiar os participantes do Programa Balde Cheio.

O programa que envolve 80 famílias pertencentes aos municípios sul-mato-grossenses de Ponta Porã, Sidrolândia e Terenos, está proporcionando aos pequenos produtores a oportunidade de melhorar as condições de produção leiteira, através da Tecnologia Social Balde Cheio. A Fundação Banco do Brasil é uma das parcerias juntamente com os municípios.

"Nossa avaliação é de que em Ponta Porã os resultados também já começam a aparecer e é importante que o poder público também busque meios de incentivar os pequenos agricultores. O prefeito eleito demonstrou total interesse neste e em outros projetos desenvolvidos pela Fundação Banco do Brasil em parceria com os municípios. Até o fim do ano será realizado um dia de campo para que a comunidade conheça os resultados e outros detalhes deste projeto", frisou Clayton Maciel.

Hélio Peluffo Filho demonstrou que tem interesse em formalizar novas parcerias tanto com a Fundação quanto com o Banco do Brasil. "A Fundação atua por meio da reaplicação de tecnologias sociais e projetos estruturados voltados para diversos segmentos como o fortalecimento da coleta seletiva e a correta destinação dos resíduos sólidos com o Programa Cataforte, realizado em parceria com o Governo Federal e implementado em diversos municípios brasileiros. Também temos o Programa Integração AABB Comunidade que consiste no apoio às ações que visam complementar a educação de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade.

Enfim, saímos daqui com a certeza de que é possível o surgimento de novas parcerias com grandes possibilidades de beneficiar a população de Ponta Porã", frisou o representante da Fundação Banco do Brasil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Brasil tem quase 30 mil novos casos de hanseníase por ano
CONTRABANDO E CRIME AMBIENTAL
Goiano é autuado pela PMA e preso por Policiais Militares com agrotóxicos do Paraguai
JUSTIÇA
Estudante que ficou três anos sem diploma será indenizada
CASSILÂNDIA
Polícia Militar prende mulher por agredir marido