Menu
Busca quinta, 22 de outubro de 2020
MS

Indústria do leite pode ter ICMS reduzido no Estado

Produtores cobram alíquota menor para saída de leite a granel

01 junho 2016 - 14h54Por Fonte: correiodoestado
Redução de ICMS deve ser aplicada, durante o período de estiagem, a indústria do leite em Mato Grosso do Sul. A intenção, conforme o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), consiste em equilibrar a cadeia produtiva e evitar o êxodo de produtores, que cobram em paralelo a redução de alíquota para saída do leite a granel. Percentuais não foram definidos pelo governo estadual.

"Vai dar um diferencial para o produtor investir na melhoria da pastagem e rebanho para suportar o aumento de produção na época da estiagem. Quanto a diminuir o ICMS para sair o leite do Estado, a gente vai analisar porque queremos fortalecer a indústria local", pontuou o governador, durante evento da Semana do Leite, na Assembleia Legislativa.

No Estado, são produzidos 1,4 milhão de litros de leite por dia, sendo processados pela indústria somente 528,7 mil litros. São destaques nesse cenário os municípios de Paranaíba, Itaquiraí e Campo Grande.

EM CAMPO

Cerca de 40 profissionais da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer) foram designados para atuar na melhoria genética de 5 mil matizes, além da qualidade das pastagens de 20 mil propriedades. A estratégia, neste caso, pretende reverter a retração de 20,7% sofrida pelo setor nos últimos dez anos.

Para o presidente do Conseleite/MS (Conselho Paritário entre Produtores e Indústrias de Leite de Mato Grosso do Sul), Wilson Igui, o próximo passo seria equiparar alíquotas de ICMS para a saída do leite a granel. Isso porque nos meses de novembro a fevereiro, quando há excesso de oferta, o percentual de 10,2% se torna inviável diante dos 2% praticados por estados vizinhos. Nos outros meses, a proposta seria de se aplicar 6%.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PANDEMIA
Número de pessoas internadas por coronavírus aumenta em MS e traz preocupação
CAMPO GRANDE
Polícia Civil identifica e autua em flagrante suspeito de maus tratos a cachorro em pesqueiro
BRASIL
Recadastramento de aposentados está suspenso até 30 de novembro
ECONOMIA
Com redistribuição, FCO terá mais R$ 315 milhões em crédito para contratação ainda em 2020