Menu
Busca domingo, 25 de outubro de 2020
BBB16

Juliana critica Adélia por deixar imunidade para Ana Paula: 'Que ódio!'

19 fevereiro 2016 - 12h19Por Fonte: douradosnews
Juliana conta para Tamiel que não gostou de ouvir de Adélia que se a advogada e Ana Paula ganhassem a Prova do Líder Guaraná Black, Ana Paula ficaria com a imunidade e Adélia com R$ 10 mil. "A Adélia me surpreendeu. Ela disse para a Ana Paula ficar com a imunidade que ela ficaria com o dinheiro. Adélia disse para deixar a Ana em paz, mas e se eu não quiser deixar ela em paz? Eu vou ter que falar com ela, não consigo entender", esbraveja a bailarina.

Tamiel tenta entender a cabeça de Adélia: "Às vezes ela tem medo". Juliana acredita que os participantes têm que ser firmes no jogo: "Mas não tem que ter medo aqui dentro Não está certo o que ela está fazendo. Tem uma hora que você precisa se posicionar aqui dentro. Não dá pra se fazer de boazinha. Vou ter que falar com ela, até perdi o sono. Que ódio que fiquei! Nem parece advogada quando faz isso", crtíica.

Prova do Líder Guaraná Antártica Black: Os brothers se dividiram em duplas: Adélia e Ana Paula, Ronan e Geralda, Juliana e Maria Claudia, Munik e Matheus e Renan e Tamiel.

Um de cada dupla está vestido como uma latinha de Guaraná e está dentro da estrutura da prova. Eles foram separados da seguinte forma: Ana Paula, Ronan e Maria Claudia no andar de cima; e no andar de baixo Matheus e Renan.

Durante a madrugada, as sisters Ana Paula e Adélia foram as primeiras a desistir da Prova. Pela manhã, Ronan e Geralda também deixaram a prova após Ronan desistir. As duplas Juliana e Cacau continuam na disputa, assim como Renan e Tamiel.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Pesquisa investiga transmissão de covid-19 entre homens e animais
CAMPO GRANDE
Polícia Militar Ambiental prende ladrão pouco depois de pedido de socorro de vítima desesperada por ter sido assalta por homem com pistola
EMPREGO
Pandemia aumenta busca por profissionais autônomos e freelancers no país; veja serviços com maior demanda
AUXÍLIO EMERGENCIAL
3,7 milhões de nascidos em setembro recebem nova parcela neste domingo