Menu
Busca sábado, 31 de outubro de 2020
Assassinato

Marido mata mulher depois de descobrir caso dela com amiga

02 fevereiro 2016 - 11h31Por Fonte: reporterms
Casal foi preso por envolvimento no assassinato da atendente de pastelaria Thays Giedry Borges dos Santos, 22 anos, ocorrido no fim da noite de domingo (31), na Praça do Rádio Clube, no Centro de Campo Grande. Kielvinn de Moraes, 24 anos, e a esposa Irís Adriana Barbosa da Silva, 22, que já havia tido um caso amoroso com Thaís, foram presos no fim da tarde de ontem (1), em Ribas do Rio Pardo. Kielvinn assumiu autoria, alegando ter agido por ciúme, conforme informações do delegado que preside o inquérito, Minguel Said.

De acordo com informações da autoridade policial, mesmo depois do fim do romance, Irís, que estava morando em Ribas do Rio Pardo, sempre visitava a ex quando viajava à Capital. O vínculo entre as duas foi descoberto por Kielvinn, por meio de conversas no Facebook, e, enciumado, ele tramou a morte da rival. Sob ameaças, teria obrigado Irís a forjar um encontro para executar o crime.

“Frequentemente, elas se encontravam e o rapaz pegou conversa no Facebook e ficou enciumado. No domingo, matou Thays com golpe de faca no pescoço ”, disse o delegado.

A MORTE

Na Capital, Íris atraiu Thays à praça e, quando conversavam em um banco, Kielvinn surpreendeu a vítima com golpe de faca no pescoço. A jovem ainda percorreu alguns metros, mas caiu morta perto da pastelaria onde trabalhava e de onde havia saído por alguns instantes para o encontro.
A ex-namorada que Thays havia denunciado à polícia em 2013 por lesão corporal foi Irís, segundo a investigação. Além desta passagem, a jovem tinha registro pelo crime de furto.

O marido de Íris já havia assassinado uma pessoa quando era menor de idade. Também passou pela polícia por envolvimento em ameaças, vias de fato e dirigir embriagado. Ambos foram presos em flagrante pelo homicídio.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
Campanha eleitoral tem baixa ocorrência de fake news, afirma Barroso
CRIME AMBIENTAL
Paulista é autuado em R$ 10 mil por erosões em 2 hectares de área, causando degradação de córrego em sua fazenda em Inocência
ECONOMIA
Dívida bruta do governo deverá encerrar o ano em 96% do PIB
REGIÃO
Polícia Militar Ambiental de Campo Grande e Imasul realizam fiscalização na MS 040 e orientam condutores sobre resíduos lançados de veículos às margens de rodovias