Menu
Busca sábado, 24 de outubro de 2020
MS

Mato Grosso do Sul pode perder R$ 500 milhões com ICMS do gás

Valor corresponde à estimativa resultante da receita atual e da média de anos anteriores

28 junho 2016 - 12h03Por Fonte: correiodoestado
A retração da economia, agravada pela queda do preço do petróleo e consumo menor pelas termelétricas, derrubou a importação de gás natural e, por conseguinte, a receita tributária proporcionada por esse produto em Mato Grosso do Sul.

De janeiro a maio deste ano, o governo estadual arrecadou R$ 371,802 milhões com o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) do gás natural, o que corresponde à média mensal de R$ 74,36 milhões.

Na comparação com o desempenho médio de anos anteriores, com receita mensal que chegou a R$ 110 milhões, a perda estimada somaria, em 12 meses, perto de R$ 500 milhões. Essa redução se relaciona com outra estatística, a da importação: nos primeiros cinco meses deste ano, o valor referente à compra do gás foi de US$ 607,4 milhões, o menor para o período desde 2007.

Mato Grosso do Sul arrecadou 22% ou R$ 105 milhões a menos com o ICMS do gás neste ano frente a 2015 (janeiro a maio), conforme números da Secretaria de Fazenda (Sefaz).

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
MS registra 479 novos casos de Covid-19 e faixa etária de 30 a 39 anos é a mais afetada
AQUIDAUANA
Polícia Militar Ambiental autua infrator em R$ 2,3 mil por incêndio em leiras de vegetação proveniente de limpeza
ECONOMIA
Decisão do STF evita perda na arrecadação de R$ 1,2 bilhão, diz Reinaldo Azambuja
DOURADOS
Homem invade casa, tenta estuprar jovem e é detido por populares