Menu
Busca quinta, 22 de outubro de 2020
MS

MS forma rede de ouvidorias com participação de vários órgãos

05 julho 2016 - 08h00Por Dourados News
Junto a representantes de diversos órgãos públicos de Mato Grosso do Sul, a Ouvidoria do Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados (HU-UFGD) participou, na última sexta-feira (1) da formação da "Rede de Ouvidorias do Estado de Mato Grosso do Sul", grupo que tem como objetivo consolidar parcerias, visando à cooperação mútua e à articulação de esforços entre as entidades.

Consolidada por meio da assinatura de Acordo de Cooperação Técnica durante evento na Procuradoria-Geral de Justiça, em Campo Grande, a rede é uma iniciativa do Ministério Público de Mato Grosso do Sul, que levou em consideração o fato de as ouvidorias públicas serem importantes mecanismos de participação e contribuição para o controle social da administração pública, bem como para o fortalecimento da democracia participativa e do monitoramento das políticas públicas.

Representando o HU-UFGD, estiveram na solenidade a superintendente do hospital, Mariana Croda, e a ouvidora da instituição, Edméia Barrios Gonçalves. De Dourados, também participa da parceria a Ouvidoria da UFGD.

"É uma ótima iniciativa para fortalecer as ouvidorias dos órgãos públicos do Estado, auxiliando na divulgação do trabalho de cada instituição e servindo como espaço para a capacitação e a troca de boas práticas entre as entidades. Para o HU, estar inserido na rede significa mais visibilidade aos serviços prestados à comunidade", afirma a ouvidora do HU-UFGD.

A mesa da solenidade foi composta pelo Procurador-Geral de Justiça, Paulo Cezar dos Passos; pelo Procurador de Justiça, Ouvidor do Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul e Coordenador da Rede de Ouvidorias de MS, Olavo Monteiro Mascarenhas; pelo Chefe da Controladoria Regional da União no Estado de Mato Grosso do Sul, José Paulo Julieti Barbiere; e pelo Promotor de Justiça e Presidente da Associação Sul-Mato-Grossense dos Membros do Ministério Público (ASMMP), Lindomar Tiago Rodrigues.

Além dos representantes do MPMS, firmaram o acordo os seguintes órgãos: Controladoria Regional da União no Estado de Mato Grosso do Sul, Delegacia da Receita Federal do Brasil em Campo Grande/MS, Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Fundação Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian da UFMS, Hospital Universitário da UFGD, Auditoria-Geral do Estado de Mato Grosso do Sul, Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Mato Grosso do Sul, Secretaria de Estado de Saúde, Município de Campo Grande, Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA), Município de Chapadão do Sul, Município de Naviraí, Fundação de Saúde Pública do Município de São Gabriel do Oeste, Associação Beneficente de Campo Grande, Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Mato Grosso do Sul (SEBRAE), Município de Corguinho, Município de Ribas do Rio Pardo, Secretaria Municipal de Segurança Pública de Ponta Porã, Município de Inocência, Município de Coronel Sapucaia, Tribunal de Contas do Estado (TCE/MS), Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul (IFMS), Conselho de Engenharia e Agronomia do Estado de Mato Grosso do Sul (CREA/MS), Município de Nova Andradina e Município de Aparecida do Taboado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JARDIM
Polícia Militar Ambiental de Jardim fiscaliza o rio da Prata e Formoso onde a pesca é proibida e apreende petrechos ilegais
SAÚDE
ANS: 59% das queixas sobre covid-19 são para exames e tratamentos
REGIÃO
Polícia Militar Ambiental de Aquidauana flagra e autua infrator por incêndio em resíduos domésticos em terreno baldio
NAVIRAÍ
Boca de fumo é descoberta e um adolescente e dois homens são detidos pela Polícia Civil