Menu
Busca sábado, 31 de outubro de 2020
Paraguai

Mulher morre após fazer aborto em hospital de Pedro Juan Caballero

22 julho 2016 - 12h23Por Fonte: douradosnews
A paraguaia Leidy Noelia Arevalos Barreto, 21, morreu na madrugada de quinta-feira (21) em Pedro Juan Caballero, cidade que faz fronteira com o Brasil através de Ponta Porã, após provocar um aborto. De acordo com o Porã News, ela chegou em estado grave ao hospital local e os médicos tentaram reverter o quadro clinico da mesma, porém, sem êxito.

Familiares comunicaram aos agentes da Policia Nacional do Paraguai, que desconheciam que a mesma estava grávida e que a vítima apenas manifestou aos mesmos que teria sofrido um acidente de motocicleta, mas, durante a tarde de quarta-feira a situação de saúde da mesma piorou pela que os familiares a socorreram ao hospital, onde foram informados que a mesma teria provocado um aborto.

O noivo da vítima um conhecido manifestou também que desconhecia que a mesma se encontrava gravida.

Agentes da Seção de Investigação de Delitos da Policia Nacional e da Divisão de Homicídios, investigarão o caso a fim de determinar quem seria os responsáveis de ter apoiado a jovem na decisão de abortar que culminou na morte da mesma.

No Paraguai, o aborto também é considerado crime.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
Campanha eleitoral tem baixa ocorrência de fake news, afirma Barroso
CRIME AMBIENTAL
Paulista é autuado em R$ 10 mil por erosões em 2 hectares de área, causando degradação de córrego em sua fazenda em Inocência
ECONOMIA
Dívida bruta do governo deverá encerrar o ano em 96% do PIB
REGIÃO
Polícia Militar Ambiental de Campo Grande e Imasul realizam fiscalização na MS 040 e orientam condutores sobre resíduos lançados de veículos às margens de rodovias