Menu
Busca sexta, 18 de setembro de 2020
Copa do Brasil

Palmeiras e Santos decidem Copa do Brasil nesta quarta

02 dezembro 2015 - 14h49Por Fonte: douradosnews
O último capítulo da rivalidade entre Santos e Palmeiras em 2015 será escrito na noite desta quarta-feira no gramado do Allianz Parque, em São Paulo. A partida, que começa às 21h (MS), decidirá com qual das duas equipes fica a Copa Sadia do Brasil 2015, o último título em disputa na temporada do futebol brasileiro.

Depois de 156 jogos e 78 eliminações, o torneio mais democrático do futebol brasileiro chega à sua grande decisão. Após o Santos ganhar por 1 a 0 na Vila Belmiro no jogo de ida, só a vitória interessa ao Palmeiras. Se o Alviverde vencer por um gol de diferença, o título será decidido nos pênaltis. Se construir uma vantagem de dois gols ou mais, será o campeão.. Para acompanhar melhor a final, fique por dentro de cada detalhe da partida mais importante das temporadas de Palmeiras e Santos em 2015.

O Palmeiras não sabe se poderá contar com o atacante Gabriel Jesus na decisão desta quarta. O atacante deixou o jogo de ida com uma lesão no ombro e sua presença no duelo é questionável. A ausência do lateral-direito Lucas, porém, é certa. O palmeirense foi expulso na Vila Belmiro e cumpre suspensão no Allianz Parque.

Chegar à final da Copa do Brasil não é nenhum segredo para os técnicos de Palmeiras e Santos. O mesmo não se pode dizer, porém, sobre a sensação de levantar a taça de campeão do torneio. Dorival Junior também era o técnico do Santos quando o Alvinegro Praiano conquistou o único título do torneio de sua história em 2010. Marcelo Oliveira, por outro lado, jamais venceu a Copa do Brasil, apesar de já ter chegado a três finais dirigindo Coritiba (2011 e 2012) e Cruzeiro (2014). Nas três oportunidades, perdeu a primeira partida jogando fora de casa e não conseguiu reverter o cenário na volta.

Se os técnicos já estiveram na final da Copa do Brasil, ser campeão do torneio não é algo tão comum para os jogadores de Santos e Palmeiras. Dos 28 jogadores que participaram da primeira partida da final, apenas dois têm um título da Copa do Brasil. Fernando Prass e Arouca, dois jogadores do Palmeiras, mas que não conquistaram seus respectivos títulos por lá. Arouca venceu com o Santos em 2010, enquanto Prass foi o goleiro do Vasco campeão de 2011.

INIMIGOS ÍNTIMOS

A primeira partida da final foi repleta de tensão e provocação entre as duas equipes. Depois de muitos confrontos decisivos em 2015, a rivalidade entre os clubes se intensificou. No entanto, há jogadores que conhecem o adversário muito além da rivalidade.

É o caso de Arouca, hoje no Palmeiras, que defendeu o Santos entre 2010 e 2014 e foi campeão da Copa do Brasil com o clube. Os seus companheiros de meio-campo também têm um passado no Peixe: Zé Roberto defendeu o Santos em duas temporadas, enquanto Robinho foi atleta do Santos por cerca de quatro anos.

Do lado santista, o zagueiro David Braz não só atuou pelo Palmeiras, como foi revelado no Parque Antártica. O meia-atacante Marquinhos Gabriel, por sua vez, fez o caminho inverso ao de Arouca. Após defender o Palmeiras em 2014, se encaminhou à Baixada Santista.

RETROSPECTO

O retrospecto jogando fora de casa na Copa do Brasil dá confiança ao Santos na decisão. Jogando longe de seus domínios, o Alvinegro derrotou Corinthians, São Paulo, Figueirense e Londrina. A única derrota nas seis partidas fora de casa foi para o Sport, por 2 a 1, placar que, se repetido no Allianz Parque, garante ao menos a decisão por pênaltis. O Palmeiras, por sua vez, venceu quatro das cinco partidas disputadas em casa na competição. Quatro delas, porém, foram por um gol de diferença, com placares que não dão ao Alviverde o título no tempo regulamentar.

O atacante Gabriel Barbosa tem a chance de confirmar, na decisão, a artilharia da Copa do Brasil 2015. Após o tento marcado no primeiro jogo da final, o santista chegou a oito gols nesta edição, três a mais do que os dois jogadores com mais gols que ainda podem ultrapassá-lo: Ricardo Oliveira e Marquinhos Gabriel. Gabriel já foi o artilheiro da edição da Copa do Brasil de 2014 e, caso torne-se o artilheiro de 2015, igualará o atacante Gérson como único a ser artilheiro em edições consecutivas da competição. O ex-atacante foi três vezes artilheiro da Copa do Brasil, um recorde histórico. Se chegar à artilharia, Gabriel se junta a Romário com duas artilharias da Copa do Brasil.

O Palmeiras é o clube com o maior número de títulos nacionais no Brasil: são 10, incluindo oito Brasileiros e duas Copas do Brasil. Já o Santos figura na segunda colocação, com nove conquistas nacionais, e pode igualar o Palmeiras se for campeão nesta quarta.

Mais do que um novo título nacional para a coleção de um dos clubes, a decisão dá também uma vaga na próxima Copa Libertadores da América. Desde que a Copa do Brasil foi criada, Palmeiras e Santos venceram uma Libertadores cada. E nas duas ocasiões as equipes haviam se classificado através do torneio nacional. Antes de ganhar a América em 2011, o Santos de Neymar e cia. conquistou o Brasil em 2010. Foi também o caso do Palmeiras de 1999, que chegou à competição continental como campeões da Copa do Brasil de 1998.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Semana Nacional de Trânsito começa hoje em todo o país
INTERNACIONAL
Covid-19 tem mais de 30 milhões vítimas em todo o mundo
TEMPO
Sexta-feira de calor intenso em boa parte de Mato Grosso do Sul
MS
Setembro é mês de licenciar veículos com placa final 9