Menu
Busca sábado, 11 de julho de 2020
UEMS

Parceria da UEMS com o INCRA beneficia assentados

16 novembro 2015 - 12h30Por Fonte: reporterms
Quarenta assentados de Mato Grosso do Sul deverão iniciar o curso de Engenharia Agronômica em agosto 2016. A proposta do projeto pedagógico do curso foi entregue ao superintendente da autarquia, Sidney Ferreira de Almeida, em Campo Grande, pelos professores Edson Talarico Rodrigues e Walteir Betoni, da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS). O curso terá duração de cinco anos e será realizado pela UEMS no campus da unidade de Glória de Dourados. O vestibular deverá acontecer em junho ou julho de 2016 e dele participarão apenas os assentados, seus cônjuges e filhos.

Como acontece com a maior parte dos cursos oferecidos aos assentados do País, o curso de Agronomia obedecerá ao formato da pedagogia da alternância que prevê parte da carga horária no campus universitário, neste caso, 70%, e parte, os 30% restantes, em práticas nos assentamentos.

Segundo Almeida, o curso vai preencher uma lacuna na formação educacional dos assentados de Mato Grosso do Sul. “Vai atender a uma antiga reivindicação dos assentados e dos movimentos sociais. É o curso que a maioria das famílias desejava para os seus filhos”, afirma Sidney. “Com um agrônomo trabalhando permanentemente nos projetos nos assentamentos a perspectiva de sucesso é muito maior”, completa.

Para o professor Walteir Betoni, gerente da unidade de Glória de Dourados, a perspectiva da UEMS é de que outras turmas venham suceder a esta primeira. “São 30 mil famílias assentadas no estado, portanto há demanda para muitos profissionais de agronomia nos assentamentos de Mato Grosso do Sul”.

A proposta da UEMS será encaminhada para a Comissão Pedagógica do Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (Pronera) para análise e aprovação. Com informações da Assessoria de Comunicação Social do Incra/MS.

Deixe seu Comentário

Leia Também

REGIÃO
Polícia Militar prende homem por Contrabando e apreende veículo com 5.500 maços de cigarros paraguaios durante abordagem no distrito de Boqueirão
ECONOMIA
Banco do Brasil amplia limite de crédito do Pronampe em R$ 1,24 bi
DISTRITO DE BOQUEIRÃO
Polícia Militar cumpre Mandado de Prisão durante abordagem em ônibus
BRASIL
Prova de vida de aposentados e pensionistas é suspensa até setembro