Menu
Busca quarta, 21 de outubro de 2020
Polícia

PMA autua fazendeiro em R$ 6,5 mil por exploração ilegal de madeira de lei

10 maio 2016 - 15h56Por Fonte: noticias
Um fazendeiro de Campo Grande, de 52 anos de idade, foi autuado pela Polícia Militar Ambiental (PMA) em R$ 6,5 mil, nesta terça-feira (10), por exploração ilegal de aroeira, espécie de madeira protegida por lei.

De acordo com a PMA, o fazendeiro derrubou 13 árvores de aroeira e transformou em palanques, esticadores e estacas para cerca, que estavam armazenadas nas proximidades da sede da fazenda.

Foram apreendidos 13 palanques, 16 esticadores e 172 estacas de aroeira resultantes da exploração ilegal de madeira. O fazendeiro que mora em Bela Vista, foi autuado administrativamente e multado em R$ 6,5 mil. Ele também vai responder por crime ambiental, que prevê pena de um a dois anos de reclusão.

A PMA alerta que a portaria 83 de 1991 do IBAMA proíbe o corte da "aroeira" e algumas outras espécies de madeiras nobres. Inclusive, em desmatamentos autorizados, essas espécies não podem ser cortadas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

INTERNACIONAL
Indústria prevê alta de 10% na venda de máquinas agrícolas em 2020
NAVIRAÍ
Polícia Militar prende homem por violência doméstica e posse irregular de arma de fogo
POLÍTICA
Em sabatina, Kássio Nunes responde a perguntas sobre armas e Lava Jato
REGIÃO
Polícia Militar Ambiental de Rio Negro autua três em R$ 2,7 mil por pesca ilegal e apreende pescado, tarrafa e outros petrechos de pesca