Menu
Busca quinta, 29 de outubro de 2020
Política

PMDB de Dourados define pré-candidato neste sábado

04 março 2016 - 22h44Por Fonte: douradosnews
Os peemedebistas de Dourados vão se reunir, neste sábado, para escolher, oficialmente, o pré-candidato a prefeito do partido nas eleições de outubro próximo, cujo nome deverá ser referendado, posteriormente, na convenção que acontecerá entre 20 de julho a 5 de agosto, conforme determina a legislação eleitoral. O encontro será às 10h.

Houve um prazo, de 22 a 29 de fevereiro, para os filiados interessados em postular a indicação. Porém, como apenas o deputado federal Geraldo Resende requereu, a reunião deste sábado irá apenas confirmar a indicação.

Segundo Geraldo Resende, presidente do Diretório Municipal do PMDB em Dourados, a indicação do candidato ao cargo de prefeito nas eleições deste ano foi uma das decisões que o partido adotou em dezembro passado, visando coibir "a interferência de não filiados no debate interno que estamos fazendo", conforme o que foi definido na Resolução 002/2015.

Com o objetivo de tornar ainda mais rígida essa decisão, os convencionais peemedebistas poderão, inclusive, adotar providências contra o filiado que permitir "manifestações de apreço ou desapreço por qualquer postulante, por pessoas pertencentes a outras agremiações partidárias, ou pessoas sem filiação partidária, com a finalidade de influir no processo decisório interno", bem como o filiado que "adotar iniciativas de interlocução com forças políticas externas ao partido", segundo consta na citada resolução.

A pré-convenção

De acordo com o que ficou estipulado na Resolução, neste sábado, em caráter de pré-convenção, serão debatidas as propostas dos postulantes à indicação partidária para o cargo de prefeito. A escolha se dará por votação do Diretório Municipal composto pelos 45 membros titulares, e, na ausência destes, pelos 15 suplentes.

O filiado que for escolhido na pré-convenção estará autorizado, pelo partido, a entabular entendimentos com outras agremiações partidárias na formação de coligações. O indicado não poderá, no entanto, negociar a indicação da candidatura a prefeito, pois esta será, segundo os peemedebistas, necessariamente, do PMDB.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SERVIDOR
Governador anuncia promoção de 3,7 mil servidores civis e militares
ECONOMIA
Sancionada lei de incentivos fiscais para montadoras de veículos
POLÍTICA
Mourão diz que posição do governo não é por uma Constituinte
ECONOMIA
Governo pretende economizar R$ 97 milhões com licitação centralizada