Menu
Busca sábado, 24 de outubro de 2020
Tráfico

Polícia aborda batedores e consegue apreender maconha em estrada vicinal

07 julho 2016 - 12h58Por Fonte: douradosnews
Renato Moreira Araújo, 22, Janiel Bruno Lazaro, 23 e Rodrigo Reis Nascimento, 21, todos moradores na cidade de Itaquirai, foram presos por associação ao tráfico de drogas.

O fato ocorreu na noite de terça-feira (05), durante patrulhamento itinerante de fronteira de uma das equipes do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) na MS-289, entre Coronel Sapucaia e Amambai.

Nos trabalhos, os policiais abordaram para fiscalização um Fiat Palio de cor preta, com placas de Campinas (SP), conduzido por Renato e tendo como passageiro Rodrigo. Em vistoria ao veículo e entrevista aos ocupantes, vieram a confessar que estariam fazendo o serviço de batedor para uma carga de maconha e que um Ford Focus estaria em uma estrada vicinal aguardando apoio dos batedores pois estaria com problemas mecânicos.

A equipe fez a diligencia e localizou o carro ocupado por Janiel e em seu interior foram localizados 289 tabletes de maconha que totalizaram 262 quilos da droga.

A logística dos criminosos contava com rádios comunicadores e telefones celulares, que usavam para alertar sobre a presença policial na MS-289, e uma vez que estivesse livre, a carga deslocava sentido Amambai. Os acusados relataram ainda que foram contratados por um desconhecido em Coronel Sapucaia e receberiam R$ 1 mil cada para levar a carga até a cidade de Itaquirai.

Em checagem, foi constatado que o veículo Fiat Palio era produto de roubo na cidade de Ribeirão Preto (SP) na data de 12 de abril. O caso foi registrado como tráfico de drogas, associação para o tráfico e receptação na delegacia de Amambai.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Resgates superam investimentos no Tesouro Direto em R$ 168,48 milhões
EDUCAÇÃO
Censo mostra que ensino a distância ganha espaço no ensino superior
ECONOMIA
Contas externas têm em setembro sexto mês seguido de saldo positivo
INTERNACIONAL
Brasil e outros 31 países assinam declaração sobre saúde da mulher