Menu
Busca sexta, 18 de setembro de 2020
Fronteira

Polícia Civil apreende arma e dinheiro ao caçar foragidos na fronteira

01 dezembro 2015 - 13h49Por Fonte: poranews
Durante caça a foragidos da justiça agentes da Policia Civil de Ponta Porã apreendem arma e dinheiro em assentamento da região.

Durante operação “Grade” que visa colocar na cadeia os foragidos da justiça que tem feito da região de fronteira seu local de esconderijo, agentes do SIATO, coordenado pelo delegado Jarley Inacio, da Policia Civil de Ponta Porã, após localizar a presença de um foragido identificado como, David Roney Souza Pinto (36) vivendo na região do Assentamento Dorcelina Folador, realizaram um incursão na área a fim de deter o mesmo que não foi encontrado na residência na qual estaria vivendo em companhia de uma mulher.

Para a surpresa dos agentes no local foi encontrado uma pistola 9mm e 9.900 Reais em notas de 100, que o foragido teria guardado em sua residência, a arma e a grande quantidade de dinheiro chamou a atenção dos policiais, que investigara a razão pela que o mesmo tenha uma arma de uso restrito alem do dinheiro que devera ser comprovada sua origem.

Os agentes manifestaram que a fuga do mesmo teria sido comunicado por algum olheiro que visualizou a incursão da policia na região, mas que essas situações não impedirão a prisão dos foragidos que tem chegado a esta parte da fronteira a fim de fugir da justiça brasileira, segundo informações os agentes do SIATO já teriam identificado vários locais que os foragidos estariam utilizando como residência nesta parte do país, razão pela que teriam estreitado relações com os agentes da Policia Paraguaia e assim realizar a prisão dos delinquentes que estariam residindo na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MS
Setembro é mês de licenciar veículos com placa final 9
MEIO AMBIENTE
Fumaça do Pantanal se desloca para o Sul do país
RANKING DO CLP
Mato Grosso do Sul é o 6º Estado mais competitivo do Brasil
SANTA RITA DO PARDO
Em ação conjunta, Polícia Militar e Polícia Civil prendem estelionatários que se passavam por policiais militares para extorquirem produtores rurais.