Menu
Busca sábado, 16 de janeiro de 2021
Tráfico Internacional de drogas

Polícia Federal deflagra operação "Cavalo Doido" e cumpre mandados em Dourados

04 novembro 2016 - 09h30Por Douradosnews
A Polícia Federal deflagrou na madrugada de hoje (4) a Operação "Cavalo Doido" para desmantelar quadrilha suspeita de agir no tráfico internacional de entorpecentes, distribuindo drogas produzidas no Paraguai para os estados de Goiás, Pará, Distrito Federal e Mato Grosso do Sul. Trata-se de uma das maiores operações da PF nos últimos anos.

Pelo menos uma residência é alvo dos federais em Dourados. Duas equipes chegaram a casa localizada na avenida Hayel Bon Faker por volta de 6h. Ainda não foi divulgado do que são os mandados cumpridos no local.

Ao todo na operação pelo Brasil são 81 medidas judiciais, sendo 21 mandados de prisão preventiva, 11 mandados de prisão temporária, 15 conduções coercitivas e 34 mandados de busca e apreensão, que estão sendo cumpridos, simultaneamente.

Mais de 200 policiais participam da operação, que está sendo realizada em conjunto com a Polícia do Paraguai, onde está sendo realizada a destruição dos plantios de droga nas fazendas de propriedades do grupo criminoso.

Rota

Os investigadores identificaram uma das rotas do grupo, que entrava pela região fronteiriça de Pedro Juan Cabalero, vinda do Paraguai. No decorrer das investigações, foram apreendidas mais de 10 toneladas da droga, armas de grosso calibre e carros de luxo.

Cavalo Doido

O método "Cavalo Doido" diz respeito ao modo de transportar a droga. Os veículos utilizados tinham bancos e acessórios arrancados e todo o espaço era ocupado com grande quantidade de drogas, sem qualquer tipo de disfarce.

Carregado, o carro vinha em grande velocidade, sem paradas, e sem respeitar qualquer tipo de sinalização ou autoridades públicas.

O objetivo era evitar perdas e chegar o mais rápido possível ao ponto onde o entorpecente seria vendido.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CUIDADO
Janeiro Branco e os cuidados com saúde emocional em meio a uma pandemia
SELVÍRIA
Paulista é autuado por derrubada de árvores e incêndio ilegal da vegetação nativa
CORONAVÍRUS
Em 24 horas MS registra 1.316 exames positivos de Covid-19 e 13 mortes
JUSTIÇA
Senacon adotas medidas para combater comércio de vacinas falsificadas