Menu
Busca sábado, 16 de janeiro de 2021

Ponta Porã completa 100 anos com economia diversificada

19 julho 2012 - 15h15
Divulgação (TP)

Há 100 anos, quando Ponta Porã estava nascendo, o grande atrativo para as pessoas que se estabeleceram na fronteira era a atividade de extração da erva-mate. Nestes dez séculos, as fontes de renda se diversificaram: pecuária, agricultura, comércio, ganharam espaço e contribuíram para que Ponta Porã se transformasse num dos mais ricos municípios de Mato Grosso do Sul.

Hoje, com certeza, pode-se afirmar que a economia está diversificada, sendo que agropecuária se mantém como carro chefe. Porém, a chegada do século 21 está trazendo mudanças que sinalizam para uma maior diversificação.

O Sebrae já detectou as características dos novos tempos e, cumprindo sua missão de impulsionar os empreendimentos, apresenta sugestões para investimentos com excelentes possibilidades de ganho na centenária Ponta Porã.

“Existem possibilidades para empreendedores em diversos setores, mas podemos destacar comércio, serviços e agronegócio. Das oportunidades identificadas podemos citar: marcenarias, oficinas mecânicas, hotéis e pousadas, restaurantes, sorveterias, serralherias e vidraçarias”, informa Alex Fabio de Oliveira, gerente regional do Sebrae em Ponta Porã.

Questionado sobre os motivos que levam Ponta Porã a ser considerada uma localidade que oferece boas oportunidades, ele explica que “Ponta Porã está entre os maiores municípios de Mato Grosso do Sul. O perfil produtivo do município tem mudado: nos anos 80 era predominantemente agropecuário e, atualmente, o setor terciário é o mais importante. O município tem grandes atrativos para os negócios como turismo de compras, solo fértil e a proximidade com varias usinas sucroenergéticas”.

Um estudo feito pelo Sebrae aponta as transformações e, consequentemente, as possibilidades de ganho para quem quer investir em Ponta Porã. O estudo, chamado mapeamento de oportunidade de negócios é concluído com a recomendação de investimentos. O mapeamento, feito em 35 municípios da região sul de MS, é resultado de pesquisas qualitativas nas quais se analisa o perfil de cada localidade.

No mapa de Oportunidades foram identificados muitas oportunidades de negócios como por exemplo: clinicas médicas, academias de ginástica, empresas prestadoras de serviços como vigilância, limpeza e jardinagem.

Vale lembrar que o material preparado pelo Sebrae/MS está compartilhando a metodologia do “Mapa de Oportunidades” com os países Bolívia e Paraguai, que juntamente com o Brasil, fazem parte do Projeto MS Sem Fronteiras. Ou seja: o potencial econômico de Ponta Porã está sendo divulgado lá fora.

Ao elaborar e divulgar o estudo, o Sebrae apresenta as oportunidades de bons negócios em Ponta Porã. Porém, as informações apresentadas não tratam de estudo de viabilidade. A decisão de abrir ou expandir um negócio deve ser com base em um plano de elaborado pelo empresário considerando todos os aspectos do negócio e do mercado em que pretende atuar.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BR 158
PMA autua empresa mato-grossense por derramamento de cerca de 22 mil litros de combustível
ECONOMIA
China contribuiu com mais da metade do superávit comercial do Brasil
RIO BRILHANTE
Polícia Civil prende suspeitos de tráfico de drogas que faziam parte organização criminosa
NOTÍCIAS
Negada indenização a comprador de veículo que não comprovou defeito em motor