Menu
Busca terça, 19 de janeiro de 2021

Nesta segunda fase da competição o time vai em buscar de bons resultados para conseguir o acesso.

20 agosto 2012 - 14h55
Redação - Tião Prado

Fotos: Ed Moreno

O Ponta Porã Sociedade Esportiva encerrou a sua participação na primeira fase do Campeonato Estadual da 2º Divisão com aproveitamento de 100 %. Foram quatro jogos disputados e quatro vitórias, marcando 9 gols e sofrendo apenas um.

O jogo deste domingo, dia 19, no estádio Aral Moreira apresentou a equipe com a mesma seriedade e toque de bolas dos jogos anteriores e nem o fato de já estar classificado tirou o ânimo dos jogadores que foram a campo.

O técnico Irani de Almeida ‘Fubá’ mandou a equipe a campo com apenas uma alteração, Corujinha no lugar do centro avante Toledo. Coruja, que é prata da casa, entrou bem, teve algumas oportunidades de gols mas o goleiro Francisco conseguiu realizar boas defesas e salvou o time de Bonitto de levar gol no primeiro tempo.

O Ponta Porã perdeu várias oportunidades de gols, mas na metade do jogo o goleiro João Henrique realizou a defesa do jogo, pois em uma falha da zaga, saiu na cara do gol e fuzilou, defendendo o goleiro do Ponta Porã que praticou uma grande defesa evitando assim o primeiro gol da partida.

Na segunda etapa de jogo, com a entrada de Toledo no comando do ataque, o tricolor da fronteira foi para cima, impondo o toque de bola diferenciado e com variações de jogadas, sendo que aos 8 minutos, em uma jogada rápida, Toledo entrou sozinho na grande área sofrendo falta. O atacante Léo Silva cobrou muito bem e nem deu chance de defesa para o goleiro Francisco sendo o primeiro gol do jogo.

Como já esta se tornando de costume, o Ponta Porã continuou tocando a bola e criando as oportunidades de gols que eram desperdiçadas. Aos 32 minutos em uma bela jogada, Léo Silva entrou na área, driblou a zaga e o goleiro e tocou para o gol vazio, fazendo o segundo do ponta Porã e sacramentando o resultado final.

O Bonitto foi a campo com Francisco no gol, Rafinha, depois Leonir, Diego, Marcos, Felipe, Diogo, João Victor depois Adelino, Edio, Alex, Anderson e Marquinhos; o técnico é Fernando Ramos.

O Ponta Porã foi a campo com João Henrique, Cafu. Cleber Lima, Naka, Andrade, Batata, João Paulo depois Diego Cunha, Anderson depois Guto, Cleber Paulista, Coruja depois Toledo e Léo Silva. Técnico, Irani de Almeida ‘Fubá’.

Árbitro da partida Rogério Gregório de Souza, auxiliado por Luis Fernando Viegas Colete e Janaina Dantas, 4º árbitro Odair José Pereira e Fábio Zarate como delegado da Federação.

Renda:

O estádio Aral Moreira recebeu um público de 65 pessoas, sendo que 10 pagaram entrada inteira, 35 meia entrada e 20 não pagaram ingresso (Crianças, idosos e convidados). Renda 275 reais.

Despesas: INSS 13 reais; Federação 27,50; seguro torcedor 7,80; seguro arbitragem 23,60; confecção de ingressos 100 reais e a taxa de arbitragem 450 reais, resultando num total das despesas de R$ 702 reais. Na soma geral, o Ponta Porã teve uma despesa de 427 reais nesta partida.

Confrontos

Os seis clubes classificados foram divididos em outros dois grupos, o ‘D’ e o ‘E’. No ‘D’, estão o Ponta Porã (primeiro do grupo ‘A’), o Coxim (segundo do ‘B’) e o Corumbaense (primeiro do ‘C’). Na outra chave estão Novoperário (primeiro do ‘B’), União Inter Flórida (segundo do ‘A’) e Sidrolândia (segundo do ‘C’).

De acordo com a tabela e o regulamento disponibilizado pela FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul), todos se enfrentam com turno e returno. A primeira rodada desta segunda fase começa no domingo (26), com os jogos entre Coxim e Corumbaense e Inter Flórida versus Sidrolândia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Pazuello: embarque de vacinas da Índia deve ter solução esta semana
POLÍCIA
Veículos com cigarros e agrotóxicos contrabandeados do Paraguai foram apreendidos pelo DOF
CORONAVÍRUS
Vacina chega a Mato Grosso do Sul e distribuição aos municípios começa ainda hoje
ECONOMIA
Litro da gasolina sobe R$ 0,15 nas refinarias da Petrobras