Menu
Busca quinta, 29 de outubro de 2020
Ponta Porã

Ponta Porã passa a emitir carteira de trabalho

14 junho 2016 - 11h18Por Assessoria
O Posto do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) de Ponta Porã conta com um novo serviço desde a semana passada. Agora,a expedição da Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), será emitida muito mais rapidamente. A solenidade de inauguração da nova sala de atendimento ocorreu com a presença do prefeito Ludimar Novais (PDT), do chefe da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de Mato Grosso do Sul, Yves Drosghic.

Segundo o prefeito Ludimar Novais, a implantação da expedição de carteira de trabalho diretamente em Ponta Porã é um avanço e beneficia milhares de trabalhadores não apenas da cidade, mas de vários municípios da região. "É, sem dúvida, um serviço importante e que antes era feito em Campo Grande. Agora com essa nova sala já em funcionamento no nosso Posto do Ministério do Trabalho, as pessoas vão ter acesso muito mais rápido ao documento, que é imprescindível na vida de todo trabalhador", destacou.

O superintendente regional do Trabalho e Emprego, Yves Drosghic, também ressaltou a importância do documento. Ele disse que Ponta Porã estará preparado para atender os municípios da região. Informou também que a carteira serve para o registro de emprego e também como documento de identidade, como no momento do eleitor se identificar aos mesários para exercer o seu direito de voto numa eleição.

A chefe do Ministério do Trabalho em Ponta Porã, Arlene Iglesias, disse que a fábrica de carteira de trabalho montada em Ponta Porã vai agilizar a emissão, diminuindo drasticamente o tempo de espera que antes chegava até 30 dias. "Antes a gente apenas coletava os dados e encaminhava para Campo Grande, que fazia a expedição e enviava para a fronteira. Como demorava, muitas pessoas acabavam deixando de buscar o documento", disse.

Ela informou que Ponta Porã é responsável pelo atendimento de cerca de oito municípios da fronteira e que no início tempo de espera pela carteira de trabalho será de no máximo três dias. "Mas vamos trabalhar para logo-logo entregar no mesmo dia, facilitando ainda mais a vida dos trabalhadores que precisam do documento", disse. O Ministério do Trabalho atende de segunda a sexta-feira no horário das 7h30min. às 11h; e das 13h às 17h.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
Pandemia mostrou que o Judiciário pode mudar, diz ministra
MAUS-TRATOS AO ANIMAL
Polícia Militar Ambiental de Aquidauana autua em R$ 3 mil infrator preso por Policiais Militares por matar cachorro alheio a pauladas
ECONOMIA
Déficit primário do Governo Central atinge R$76,16 bilhões em setembro
SEMANA DO SERVIDOR
Por meio virtual, Escolagov entrega XV Prêmio na Gestão Pública