Menu
Busca sexta, 10 de abril de 2020
Ponta Porã

Prefeitura e Ministério Público desenvolvem projeto “De mãos dadas contra o trabalho infantil”

13 novembro 2015 - 07h15Por Assessoria

Um trabalho desenvolvido através da parceria firmada pela Prefeitura de Ponta Porã, através da Secretaria Municipal de Educação e o Ministério Público do Trabalho (MPT), foi encerrado nesta quarta-feira, dia 11, com chave de ouro no Centro Internacional de Convenções. O projeto consiste num conjunto de ações voltadas para a promoção de debates, nas escolas de Ensino Fundamental, dos temas relativos aos direitos da criança e do adolescente, especialmente a erradicação do trabalho infantil e a proteção ao trabalhador adolescente.

A solenidade de encerramento contou com a presença da secretária municipal de Educação, Denize Oliveira, representando o prefeito Ludimar Novais; da procuradora da 24ª Região do Ministério Público do Trabalho, Cândice Gabriela Arósio, entre outros autoridades municipais, professores, coordenadores, diretores de escolas, alunos e pais que compareceram para prestigiar os filhos e para acompanhar as apresentações de teatro, poesia, música e dança.

Neste ano o projeto envolveu cerca de 80 profissionais da educação municipal de Ponta Porã, atendendo cerca de 680 alunos que estão cursando o 6º ano do ensino fundamental, que estudam nos períodos matutino e vespertino. Eles aprenderam lições de música, teatro, literatura e desenho, ampliando conhecimentos e buscando a sensibilização da comunidade para a importância da erradicação do trabalho infantil.

Denize Oliveira disse que o ideal é que todas as crianças tenham oportunidades e que não sofram com o trabalho infantil. “Um levantamento feito pelo IBGE aponta que de um universo de cerca de 86 mil habitantes no município, ainda existem cerca de 5,5 mil adultos que não tiveram a oportunidade quando eram crianças e hoje não sabem ler, nem escrever. É uma cena que não pode se repetir, mas para isso precisamos cumprir o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) que proíbe o trabalho infantil”.

A secretária disse que o prefeito Ludimar Novais trabalha para dar oportunidade para as crianças e adolescentes. “Aquela pessoa que não tem oportunidade, que não estuda, fatalmente não terá muitas escolhas, será destinada para os piores trabalhos, os mais pesados. Portanto, esse trabalho do município com o Ministério Público do Trabalho é de suma importância para sensibilizar os pais sobre a importância de manter seus filhos na escola. O envolvimento com o Ministério Público é fundamental para que haja um melhor esclarecimento. E esse trabalho só acontece com todo esse sucesso porque temos o apoio de todos os nossos servidores, professores, coordenadores, diretores. O envolvimento do setor pedagógico faz isso acontecer”, destaca.

Durante o evento aconteceram várias apresentações. Alunos da Escola João Carlos Pinheiro Marques apresentaram peça de teatro com o tema “Padrasto Explorador”; logo depois ocorreu a apresentação da Escola São João, com vídeo e leitura de poesia sobre trabalho infantil, de autoria do aluno Walison de Jesus; a apresentações prosseguiram com a música “Caminhos a vencer”, feita pelos professores da Escola Graça de Deus e cantada pelos alunos. Também se apresentaram no palco a Escola Andreazza, com teatro; Manoel Martins, poesia; Jardim Ivone, dança; Ramiro Noronha, teatro; e Juvenal Fróes, música.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CONTRABANDO
Montana com 900 pacotes de cigarros que seguia para Cuiabá foi apreendida pelo DOF durante a Operação Hórus
ESTADO
Operação Semana Santa inicia com foco nas rodovias e rios de MS
POLÍCIA
Com visitas proibidas, triplica apreensão de droga arremessada em presídio
RIBAS DO RIO PARDO
Caseiro atira contra ‘invasores’ e descobre que eram parentes do patrão