Menu
Busca domingo, 28 de fevereiro de 2021

Presidente da Sanesul diz a Kayatt que empresa investiu R$ 32 milhões em PP

16 setembro 2011 - 13h15
Presidente da Sanesul diz a Kayatt que empresa investiu R$ 32 milhões em Ponta Porã

Divulgação (TP)

O prefeito de Ponta Porã, Flávio Kayatt, recebeu no final da manhã desta quinta-feira o diretor presidente da Sanesul, José Carlos Barboza. Na reunião, o dirigente da estatal, informou ao prefeito que a empresa promoveu, desde o ano de 2007, investimentos na ordem de R$ 32 milhões na cidade.

Os recursos foram investidos em melhorias na distribuição de água e na ampliação da rede de saneamento básico. Com isso, Ponta Porã passou a ter uma rede de coleta e tratamento do esgoto que atende 60% da população. Antes, o índice de domicílios que contavam com este serviço não passava de 5%.

O prefeito Flávio Kayatt agradeceu à visita e aproveitou a oportunidade para solicitar mais investimentos, especialmente no saneamento básico que representa a garantia de melhor qualidade de vida para toda a população.

Barboza elogiou a parceria com o Município que concedeu à empresa o direito de explorar os serviços de abastecimento de água e coleta e tratamento do esgoto. A concessão termina em 2012.

le informou que estão previstos novos investimentos para ampliar e qualificar ainda mais os serviços na cidade. O montante que está sendo viabilizado é da ordem de R$ 20 milhões junto ao governo federal através do PAC 2, o Plano de Aceleração do Crescimento.

O diretor presidente da Sanesul estava acompanhado do coordenador de renovação, Edgar Bento e pelo gerente regional João Carlos Jorge. Eles foram recebidos também pelos secretários municipais Helio Peluffo Filho (Obras e Infraestrutura) e João Marcos Lacoski (Fazenda e Planejamento).

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
Satélite brasileiro será lançado na madrugada deste domingo
PARANAÍBA
Polícia Militar tira de circulação mais um casal traficante de drogas
LEGISLATIVO
Deputado Neno Razuk solicita verbas para recapeamento de trecho da MS-487
REGIÃO
PMA autua infrator por construção de dreno poluindo córrego e por manter gado degradando margens