Menu
Busca sexta, 23 de outubro de 2020
Presos

Presos dois suspeitos de estupro e morte de mulher que morava na Capital

25 janeiro 2016 - 14h36Por Fonte: correiodoestado
Igor Rudson de Souza Matos, de 26 anos, suspeito de estuprar e matar uma mulher, de 31 anos, na último dia (21), em Sarandi, no Paraná, confessou o crime e foi apresentado na manha de hoje (25). O autor também abusou sexualmente da sobrinha da vítima, de 11 anos.

O autor foi preso na última sexta-feira (22), em Paranavaí, também no Paraná, depois de furtar uma residência e ser reconhecido em razão de um retrato falado. De acordo com o delegado responsável pelo caso, Reginaldo Caetano, o suspeito mora na cidade de Paranavaí e tem familiares em Sarandi (onde aconteceu o crime).
Segundo a Polícia Civil de Maringá, Igor invadiu a residência onde as vítimas estavam, com a ajuda do comparsa Pedro Ferreira da Silva Filho, de 25 anos.

Depois de render a avó, Igor Rudson acordou a adolescente de 11 anos e estuprou a menina. A tia, que também foi estuprada foi morta em seguida por estrangulamento.
Em depoimento, Igor disse que não tinha intenção de matar a mulher de 31 anos, mas cometeu o homicídio porque ela reagiu. Durante a apresentação na sede da 9ª SDP de Maringá, se mostrou bastante frio e sem arrependimento, e ainda afirmou a imprensa que só se arrependeu de ter pego o celular da mulher de 31 anos.

O Portal Correio do Estado não divulga o nome da vítima para resguardar a identidade da sobrinha, de 11 anos,
que estava na casa, e foi estuprada.
A Polícia Civil de Sarandi agora investiga a participação de um terceiro elemento que possivelmente entrou na casa no dia do crime. Para o delegado Reginaldo Caetano, responsável pelas investigações, a camiseta de Igor deixada na casa e o retrato falado feito por um agente da Polícia Federal de Maringá foram fundamentais para dar início na investigação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Resgates superam investimentos no Tesouro Direto em R$ 168,48 milhões
EDUCAÇÃO
Censo mostra que ensino a distância ganha espaço no ensino superior
ECONOMIA
Contas externas têm em setembro sexto mês seguido de saldo positivo
INTERNACIONAL
Brasil e outros 31 países assinam declaração sobre saúde da mulher