Menu
Busca segunda, 30 de novembro de 2020
Polícial

Professor e apresentador de TV é espancado e ex-genro é suspeito

04 novembro 2015 - 21h08Por Fonte: midiamax
O professor e apresentador de televisão Benê Cantelli, morador em Dourados, foi agredido por volta das 13h desta quarta-feira (4) na sala de sua residência. A Polícia investiga o ex-genro dele como suspeito pelo crime. Amigos e familiares comentaram que o crime foi cometido porque Benê seria o “pivô da separação”.

Segundo informações de amigos de Benê, ele foi internado em estado grave no Hospital da Cassems. “Ele apanhou muito. Foi internado desmaiado. Ele se queixava de dores no rosto e nas costelas. Ele está com muitos hematomas”, disse uma amiga da família.

Ela ainda comentou que ele não corre risco de morte. O professor apresenta problemas de memória. “Ele não está reconhecendo todo mundo. Uma ex-funcionária ele reconheceu, mas outra não”, ressaltou.

Segundo ela, o ex-genro, que é usuário de drogas, teria cometido o crime. “Ele entrou na casa, onde estava o professor e a empregada, e chutou Benê até ele desmaiar”, explicou.

O professor fez tomografia computadorizada e aguarda ressonância magnética para saber se há alguma lesão no rosto. Segundo a amiga de Benê, “os médicos disseram que ele ficará em observação até amanhã”.

Benê, que apresenta há cerca de 6 meses o programa “Dourados em Revista”, na TV Grann Dourados, mora sozinho e no momento do incidente estava apenas com a empregada. Ele tem três filhos morando em Dourados.

O ex-genro, suspeito do crime, já teria feito ameaças anteriores ao professor. Em junho deste ano, ele ameaçou a ex-esposa, filha do professor e ele de morte. A Polícia investiga o suspeito.

Deixe seu Comentário

Leia Também

REGIÃO
PM apreende pneus contrabandeados
JUSTIÇA
1ª Câmara Criminal mantém condenação por tentativa de latrocínio
MS
Servidores escolhem e Governo paga 13° salário nesta terça-feira
POLÍCIA
Após cachorro ser abatido a tiros, Polícia Civil prende suspeito e apreende arma de fogo e munições