Menu
Busca segunda, 16 de setembro de 2019
AGRO

Programa visa otimizar uso de defensivos e incentivar produtos naturais no controle de pragas

12 setembro 2019 - 17h30Por Da Redação

O Governo do Estado, por intermédio da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) e seus órgãos vinculados (Agraer, Iagro, Fundect), anunciou nesta quarta-feira (11.9) o Plano Estadual para Difusão do Manejo Integrado de Pragas, com o objetivo de difundir as práticas de manejo de forma a otimizar o uso de defensivos agrícolas e ainda incentivar a produção e uso de insumos naturais no controle das pragas das lavouras.

O secretário da Semagro, Jaime Verruck, disse que o objetivo é promover e difundir os princípios e práticas que compõem o manejo integrado de pragas, um sistema que não é novo, porém, pode não ser conhecido por muitos produtores rurais.

“Recentemente o Ministério da Agricultura publicou uma normativa com referências de procedimentos para controle biológico de pragas, bem como o uso de defensivos em geral. O que estamos fazendo, com esse Programa, é intensificar a divulgação dessa prática. O resultado será a redução dos custos de produção na lavoura, redução de eventuais riscos de impactos ambientais e sociais relacionados ao uso desses insumos, que são essenciais para o processo produtivo.”

O secretário assinou Termo de Cooperação com representantes das entidades das diversas cadeias produtivas agrícolas “formalizando o compromisso de ajustar ações e estabelecer condições básicas no sentido de apoiar a implementação do Plano Estadual para Difusão do Manejo Integrado de Pragas no Mato Grosso do Sul.” O Plano engloba ações já em andamento e lista metas para os próximos anos. O primeiro passo é divulgar as práticas disponíveis de manejo integrado de pragas e em seguida, apoiar o estudo e desenvolvimento de defensivos naturais, com impacto ambiental nulo ou baixíssimo.

Ações que já integram o Plano desenvolvidas nesse ano foram a Reunião Técnica e Simpósio sobre o Controle Biológico de Pragas, realizados em 4 e 5 de junho, em Campo Grande, e a Cooperação Técnica e Institucional firmada com a Secretaria de Agricultura e Abastecimento de São Paulo, via Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA), que possibilitou a ida de 30 profissionais de Mato Grosso do Sul para participar de capacitação no Instituto Biológico de Campinas em Curso de Produção de Agentes de Controle Biológico, nos dias 27 a 29 de agosto.

“O próximo passo é trazer biofábricas para Mato Grosso do Sul, desenvolver startups de produtos biológicos. Nós temos base científica e bastante diversificação para isso”, disse Verruck.

Assinaram o Termo de Cooperação, além de Jaime Verruck pelo Governo do Estado, os diretores presidentes da Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural), André Nogueira; da Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal), Daniel Ingold; da Fundect (Fundação de Apoio ao Desenvolvimento de Ensino, Ciência e Tecnologia), Márcio de Araújo Pereira; representantes da Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), Maurício Saito; do Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), Lucas Galvan; da Aprosoja (Associação de Produtores de Soja), Frederico Azevedo e Silva; da Ampasul (Associação dos Produtores de Algodão), Walter Schlatter; da Reflore (Associação de Produtores e Consumidores de Florestas Plantadas), Moacir Reis; da Biosul (Associação dos Produtores de Bioenergia), Erico Paredes.

Também estavam presentes o secretário adjunto da Semagro, Ricardo Senna, o deputado estadual Felipe Orro, o promotor de Justiça Luciano Loubet, o superintendente de Produção, Ciência e Tecnologia e Agricultura Familiar da Semagro, Rogério Beretta e o diretor-presidente do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul), André Borges.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÁFICO
Após motorista dar desculpa controversa sobre viagem, polícia flagra carro 'recheado' de maconha
ALERTA
Sem previsão de chuva em MS, população deve tomar cuidado com riscos de queimadas
PONTA PORÃ
Em abordagem a van, policiais descobrem casal transportando droga para SP
PONTA PORÃ
Homem é preso após ameaçar e atirar pedras contra comerciante