28/07/2015 7h

Radar para detecção de aeronaves é utilizado na Operação Ágata 9

 

Da redação

O 11º Regimento de Cavalaria Mecanizado de Ponta Porã recebeu uma parte do 2º Grupo de Artilharia Antiaérea-Praia Grande/SP, para operar durante a Operação Ágata 9, oradar tridimensional – 3D, SABER-M60, modular, de estado sólido-Pulso Doppler Coerente, que incorpora as mais avançadas tecnologias para detectar, simultaneamente, até 60 alvos que estejam sobrevoando a área vigiada.

O radar é capaz de classificar as aeronaves como amigas ou inimigas, bem como identificar asas fixas e rotativas. O sistema de acompanhamento do SABER-M60 permite rastrear alvos dentro de um raio de até 60 km e até 5 mil metros de altura, transmitindo informações em tempo real para um Centro de Operações de Artilharia Antiaérea (COAAe). O radar é um equipamento eficaz para a busca e vigilância de alvos aéreos em baixa altura em proveito de artilharia antiaérea e está sendo usado para vigiar o espaço aéreo da região de fronteira.

Envie seu Comentário

Anuncie | Contato | Expediente | Política de Privacidade

Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído. Copyright 2011 © Conesul News - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: Lobo Tecnologia&Internet