Menu
Busca domingo, 07 de março de 2021

Shows de bandas nacionais ‘abalaram as estruturas’ no sábado em Ponta Porã.

Shows de bandas nacionais ‘abalaram as estruturas’ no sábado em Ponta Porã.

16 novembro 2011 - 17h45
Divulgação (TP)

Foi com atraso, mas nada, nem o grandioso congestionamento nas duas principais rodovias que dão acesso a Ponta Porã, foi capaz de estragar a super festa do 9º Motorcycle. O Encontro Internacional de Motociclismo foi mais uma vez recheado de sucesso. Com mais de 600 moto clubes presentes no evento e cerca de 45 mil pessoas nos três dias de evento.

Somente no sábado, de acordo com a Polícia Militar e as forças de segurança pública que atuaram no local, como a Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar, Policia Rodoviária Federal, cerca de 30 mil pessoas circularam pelo parque de Exposições Alcindo Pereira.

Nenhum incidente grave foi registrado, relacionado ao evento, que literalmente agitou a fronteira desde o início da semana. O domingo foi o dia de menor movimento nas imediações do parque. Ainda assim, a entrada franca, levou um grande número de pessoas para ver as apresentações do Impacto, Cachorrão e Cobras Moto Show.

Para os diretores do Moto Clube Renegados da Fronteira, apesar de alguns contratempos que provocou o atraso do início dos shows, o que chegou a deixar o público impaciente por alguns momentos, nada pôde atrapalhar, o que foi considerado por muitos motociclistas como o maior encontro do motociclismo no Brasil. “Nem Argentina, nem um país da América do Sul tem um encontro tão grandioso como o Motorcycle de Ponta Porã”. Essa foi afirmação de Davi Locutor. O experiente profissional, que trabalha como animador de eventos de motociclismo em todo o país, fala com propriedade e afirma que encontro igual ao de Ponta Porã, somente é realizado em Barretos. “Não tenho a menor dúvida, Ponta Porã tem um evento insuperável em nível nacional”, completou.

A primeira banda a se apresentar foi o Raimundos, que surpreendeu o público e interagiu com o público presente no palco do Motorcycle, inclusive contando com a participação da cantora fronteiriça Natália, na música ‘A mais pedida’. A cantora prata casa, encheu de orgulho os conterrâneos que estufaram o peito na multidão, para cantar junto com Digão e o restante do Raimundos. Um dos momentos delírio do público, foi quando, Charlie Brown Junior entrou no palco e cantou junto com Raimundos e se apresentaram com algumas músicas.

O ponto alto da festa, foi o show de Charlie Brown Junior. Comandado pelo vocalista Chorão, a banda levou o público a loucura e nenhuma música, passou sem ser cantada pelo público de mais de 20 mil pessoas que compareceram ao show. Delírio, loucura e muita vibração do início ao fim. Assim foi o show da banda Charlie Brown Junior, que fez tremer o Motorcycle em 2011.

Para o presidente do Moto Clube Renegados da Fronteira, Raul Malbertti, o Motorcycle resume-se a uma palavra. “Sucesso”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ANAURILÂNDIA
PMA autua paranaense por construir estrada sem autorização ambiental em seu sítio no município
FRONTEIRA
Moradora acorda com barulho e encontra janelas 'furadas de bala'
BOLETIM COVID
Já faltam leitos nos hospitais da macrorregião de Campo Grande
POLÍCIA
Briga entre vizinhos termina em ameaça e homem preso com revólver