Menu
Busca sábado, 05 de dezembro de 2020

Rede Feminina de Combate ao Câncer promove “Outubro Rosa”

05 outubro 2011 - 15h30
Rede Feminina de Combate ao Câncer promove “Outubro Rosa”



Mercosulnews

A Rede Feminina de Combate ao Câncer “Malvina Monteiro” (RFCC) realizará o movimento “Outubro Rosa” no próximo dia 22, na Avenida Brasil, próximo à Igreja Matriz São José, em Ponta Porã. É uma campanha internacional e Ponta Porã não vai ficar de fora. A coordenadora da RFCC, Vereadora Lourdes Monteiro, explica que o objetivo da campanha é a conscientização de que o diagnóstico precoce aumenta a chance de cura da doença.

"No dia, vários pontos da cidade, especialmente a região central, serão decorados com balões e luzes cor de rosa, além de laços, também da cor de rosa, que é o símbolo da luta contra o câncer de mama", explica a coordenadora.

O início da mobilização será marcado pela iluminação em tom rosa da Igreja São José, além da apresentação da banda Retorno Comum, que já está confirmada. Outras atrações musicais ainda serão confirmadas. Também haverá sorteio de brindes para a comunidade, e as mulheres receberão orientações sobre como prevenir o câncer de mama, uma das doenças que mais matam mulheres no Brasil hoje.

Em entrevista ao Mercosul News, Lourdes Monteiro fez questão de convidar toda a comunidade para participar desta mobilização. “Além das mulheres, nosso principal alvo, quero convidar também os comerciantes da cidade para aderirem ao movimento, colocando em seu estabelecimento algum símbolo da luta contra o câncer de mama, seja um balão, ou um laço cor de rosa para que desta forma ajudem a comunidade a se sensibilizar da importância do diagnóstico precoce”, frisou Lourdes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
Ministro debate com entidades retorno das aulas presenciais
MAUS TRATOS
Estudante de 26 anos é autuada por maus tratos ao deixar cachorro sem água, sem alimentação e doente
ECONOMIA
Captação da poupança cai pela primeira vez desde janeiro
CAMPO GRANDE
Polícia Civil recupera celular produto de apropriação de coisa achada