Menu
Busca terça, 27 de outubro de 2020
Ponta Porã

Segurança Pública Municipal realiza mais uma blitz educativa

A Secretaria Municipal de Segurança Pública, através de trabalho conjunto da Coordenadoria da Guarda

18 janeiro 2016 - 07h30Por Assessoria
Municipal e da Coordenadoria Municipal de Trânsito, realizou, na manhã desta sexta-feira (15) mais uma blitz educativa como parte das atividades que integram a campanha “Motociclista Legal respeita a lei dos dois lados da fronteira”, que envolve instituições brasileiras e paraguaias, com vistas à regulamentação da circulação de motocicletas estrangeiras na fronteira e para reduzir os índices de violência no trânsito. O trabalho foi realizado no Jardim Marambaia, no cruzamento das ruas Vinicius Nascimento e Seferino Davila Monteiro.

O Prefeito Ludimar Novais (PDT) tem apoiado totalmente a campanha através da Secretaria de Segurança Pública Municipal e suas coordenadorias, com a realização de blitz educativas e na divulgação da campanha através de folders ilustrativos de orientação para motoristas e motociclistas.

O coordenador do Setor de Trânsito, Júlio César Gonçalves Azambuja, disse que é importante intensificar a conscientização dos motociclistas para que regularizem seus documentos e de seus veículos, evitando o constrangimento gerado por multas e apreensões que passarão a ocorrer em maio próximo.

O coordenador da Guarda Municipal, Wilson Larroque da Costa também lembrou que a partir de maio de 2016 “não vai ter perdão e as motocicletas irregulares serão efetivamente apreendidas, a tolerância será zero” obedecendo às diretrizes do Ministério Público Estadual através da Promotoria de Justiça de Ponta Porã. Por isso, ele sugeriu que os cidadãos antecipem a expedição de seus documentos, evitando o costumeiro hábito de deixar tudo para a última hora. Folhetos educativos e com orientações sobre os procedimentos a serem adotados pelos motociclistas foram distribuídos pelos agentes municipais. A ação deve se repetir inúmeras vezes até a data prevista para o início da fiscalização rigorosa, em maio.

A campanha visa orientar os pilotos de motocicletas para o uso correto do capacete, registro e documentação da moto, condução de apenas duas pessoas por motocicleta, uso da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e registro de condutor, a proibição de menores de 7 anos no Brasil e de menores de 12 anos no Paraguai trafegando nas motocicletas, e o uso dos itens de segurança obrigatórios como faróis, pneus em condições de trafegabilidade, retrovisores, pisca-piscas de sinalização entre outros.

A campanha conta com apoio de todos os órgãos legalmente constituídos de Ponta Porã e Pedro Juan Caballero, como: Prefeitura de Ponta Porã e Municipalidad de Pedro Juan Caballero, Ministério Público do MS e Fiscalia do Paraguay, consulados Brasileiro e Paraguaio, Poder Judiciário do MS e Corte Suprema de Justicia do PY, Policia Militar do MS e Policia Nacional do PY, Governo do Estado do MS e Governacion del Amambay, Guarda Municipal de Trânsito de Ponta Porã e Policia de Transito de la Municipalidad de Pedro Juan entre outras entidades e organizações.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BR-163
Fiat Strada carregada com 630 quilos de maconha foi apreendida pelo DOF durante a Operação Hórus
SAÚDE
Governo inclui Unidades Básicas de Saúde em programa de concessões
JUSTIÇA
Negada indenização a ex-companheiro por briga mútua com antigos cunhados
ECONOMIA
Construção civil apresenta inflação de 1,69% em outubro, diz FGV