Menu
Busca terça, 20 de outubro de 2020
Fronteira

Seguranças de Rafaat se organizam para continuar a controlar tráfico na fronteira

22 junho 2016 - 13h54Por Fonte: douradosnews
Investigação feita pela polícia paraguaia apontam que seguranças do narcotraficante e empresário Jorge Rafaat Toumani, estariam se organizando para tentar impedir que outras facções criminosas se instalassem na cidade de Pedro Juan Caballero, no Paraguai.

As apurações apontam ainda que Elton Rumich Leonel da Silva, mais conhecido como Galan que é membro do PCC (Primeiro Comando da Capital), estaria no veículo que efetuou os disparos que mataram Rafaat.

As informações foram divulgadas na manhã desta quarta-feira (22) pelo jornal paraguaio ABC Color. As outras organizações criminosas que estariam instaladas na cidade paraguaia para controlar o tráfico de cocaína, maconha e armas para o mercado consumidor do Brasil, seriam o Primeiro Comando da Capital (PCC) e o Comando Vermelho.

Quatro homens que teriam participado de um ataque no domingo (19) que matou três pessoas na cidade paraguaia, apontados apenas como Levi, Magila, Regis e Gimenez foram vistos muitas vezes em diferentes comércios de Rafaat Toumani.

A suspeita é que eles sejam do grupo de Rafaat e que tenham orquestrado o ataque, já que fazem parte da folha de pagamento de empresa de segurança do narcotraficante. A empresa é operacionalmente dirigida pelo Superintendente Enrique Alfonzo Cattonar, responsável em registrar todas as armas pesadas com as quais mantinham o controle em Pedro Juan Caballero.

Agentes prenderam ainda o casal Artemio Giménez Aguilar e Mirna Lorena Colman Benitez, na casa deles localizada no distrito de Mariscal Estigarribia de Pedro Juan Caballero. No local foram encontrados um lote de munição com 23 cartuchos de calibre 9 mm 7,62 e projéteis calibre e 197.

Segundo o jornal, Galan seria o novo chefe da fronteira. Ele foi ferido durante o tiroteio que ocasionou na morte de Rafaat, na noite do dia 15 de junho e foi internado em um hospital e estaria sob a proteção da máfia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Não investir no Brasil será um grande erro, afirma ministro
REGIÃO
Polícia Civil recupera gados furtados e conduz à delegacia mulher suspeita de receptação
POLÍTICA
Após afastamento de senador, Barroso retira decisão do plenário do STF
POLÍTICA
Contar protocola na Alems novo pedido de impeachment contra Azambuja