Menu
Busca quinta, 02 de julho de 2020
Esporte MS

Sul-mato-grossense concorre ao prêmio de melhor paratleta em 2015

02 dezembro 2015 - 13h03Por Fonte: globoesporte
A paratleta três-lagoense Silvânia Costa de Oliveira, de 28 anos, é uma das três finalistas do Prêmio Paralímpicos 2015, que vai eleger por voto popular os melhores atletas feminino e masculino brasileiros na temporada. A iniciativa é do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), e a cerimônia de premiação está marcada para o dia 9 de dezembro, em Copacabana, no Rio de Janeiro.

Entre as principais conquistas de Silvânia na temporada estão as medalhas de ouro no salto em distância no mundial em Doha, no Catar, e no Parapan-Americano em Toronto, no Canadá. Desde criança, Silvania tem uma enfermidade chamada Doença de Stargardt, o que faz com que sua visão regrida aos poucos. Seu encontro com esporte ocorreu aos 18 anos, como meio de inserção social.Silvânia concorre com a potiguar Joana Neves, da natação, e a goiana Shirlene Coelho, também do atletismo.

Entre os homens, o prêmio está sendo disputado entre Daniel Dias (natação), Felipe Gomes (atletismo) e Luis Carlos Cardoso (canoagem).
Os vencedores serão conhecidos do público apenas na noite da premiação. A votação pode ser feita pela internet.

Homenagens

A quinta edição do Prêmio Paralímpicos também vai prestar homenagens aos 22 atletas que mais se destacaram no ano, além do atleta revelação e os melhores técnicos por modalidade individual e coletiva, todos escolhidos pelas respectivas confederações e pelo CPB. O sul-mato-grossense Marcos dos Santos Ferreira, goleiro da seleção de futebol de 7, está entre os homenageados. Este ano, Marcão faturou bronze no mundial da Inglaterra, ouro no Parapan de Toronto e bronze no brasileiro em Campo Grande.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Secretaria de Saúde confirma novos óbitos e mortes por coronavírus somam 89 em Mato Grosso do Sul
GERAL
Governo prorroga restrição para entrada de estrangeiros no Brasil
PONTA PORÃ
Paciente do Hospital Regional recebe alta após 11 dias de internação para tratar da Covid-19
TRABALHO PARLAMENTAR
Emenda de Neno Razuk viabiliza compra de UTI móvel em Dourados