Menu
Busca domingo, 17 de janeiro de 2021
BR - 163

Tráfego no trecho da BR-163 onde desmoronou é liberado parcialmente

Previsão de recuperação e liberação do local é para o fim de novembro.

13 novembro 2016 - 14h30Por G1
O tráfego no trecho da BR-163, em Itaquiraí, a 395 quilômetros da capital de Mato Grosso do Sul, foi liberado parcialmente no sábado (12). Segundo a CCR MSVia, o trânsito flui pelo sistema pare-e-siga no km 93. A previsão é de que as obras no local terminem no fim de novembro.

Na parte lateral da pista houve um deslizamento de terra que danificou parte da pista. De acordo com a concessionária, estudos realizados por engenheiros da empresa permitiram uma solução alternativa para o local, enquanto estão sendo definidos os projetos executivos da recuperação total daquele ponto.

De acordo com informações da CCR MS Vias, concessionária responsável pela administração da BR-163, uma opção é pegar a saída em Caarapó, na altura do km 209 da BR-163/MS, percorrer a MS-156 até Amambai/Tacuru, pegar o acesso à MS-295 até Iguatemi e, em seguida, retornar à BR-163 no km 41, em Eldorado.

Outro caminho é pegar a saída em Naviraí, no km 104 da BR-163, percorrer a BR-487 até Porto Camargo (PR) e seguir pela PR-487 no sentido para Alto Paraíso (PR). O motorista deve dar continuidade ao trajeto pela PR-485 até o município de Casa Branca (PR), onde acessará a BR-182 até a cidade de Pérola (PR), regressando novamente à PR-485 até Cafezal do Sul (PR) e por fim, seguir pela PR-323 até Guaíra (PR).

O gestor de Atendimento da CCR MSVia Fausto Camilotti informa que esses trajetos estão sendo veiculados nos Painéis Eletrônicos de Mensagens Variáveis Fixos e Móveis, dispostos ao longo da rodovia, além do Disque CCR MSVia, que atende gratuitamente, inclusive ligações de celulares, pelo telefone 0800 648 0163.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CUIDADO
Janeiro Branco e os cuidados com saúde emocional em meio a uma pandemia
SELVÍRIA
Paulista é autuado por derrubada de árvores e incêndio ilegal da vegetação nativa
CORONAVÍRUS
Em 24 horas MS registra 1.316 exames positivos de Covid-19 e 13 mortes
JUSTIÇA
Senacon adotas medidas para combater comércio de vacinas falsificadas