Menu
Busca terça, 24 de novembro de 2020

Tribuna livre da Câmara de Ponta Porã, um espaço democrático colocado a disposição da comunidade.

Tribuna livre da Câmara de Ponta Porã, um espaço democrático colocado a disposição da comunidade.

01 dezembro 2011 - 14h10
Redação - Tião Prado

A Câmara de vereadores de Ponta Porã criou na década de 90, através de projeto de resolução da mesa diretora, a ‘Tribuna Livre’, um espaço democrático onde representante de entidades civis organizadas podem fazer uso da mesma para solicitações, reivindicações, pedidos e até mesmo cobranças em nome da população da cidade.

O secretário geral da Câmara, Miguel Jaime, informou que a tribuna livre é usada pelo menos duas vezes por mês. Para usar a tribuna livre a pessoa tem que representar uma entidade, encaminhar oficio para a mesa diretora da casa, relatar o assunto que será apresentado e durante o uso da palavra não poderá fugir do tema que foi apresentado.

Falando sobre a Tribuna Livre na Câmara de Vereadores, o cidadão José Maria utilizou a mesma para falar da Semana da Consciência Negra, sendo que dia 20 de novembro foi a data festiva a qual se refere a imortalidade do guerreiro Zumbi dos Palmares, destacando que a Tribuna Livre é de suma importância uma vez que vem demonstrar que a Câmara de Vereadores está aberta a debates e manifestações populares ressaltando ainda que após fazer o uso da palavra, várias pessoas que não estavam presentes no plenário vieram até ele parabenizar pela oratória, sendo essas, pessoas que estavam ouvindo pela rádio ou pela internet.


A presidente do Sinted, professora Denise de Oliveira, usuária assídua da Tribuna Livre na Câmara dos Vereadores destacou a importância dessa ferramenta uma vez que a Casa de leis tem a responsabilidade de discutir os assuntos que afetam os que moram em Ponta Porã.

“ Dentro da estrutura da organização das sessões, os vereadores tem o seu tempo e a população que quer fortalecer a cidadania, precisa ter um espaço para vir aqui e colocar aos poderes tudo aquilo que está acontecendo, contribuindo para o aperfeiçoamento da representação, uma vez que nossa democracia é representativa e não participativa e a representação sempre terá seus limites, então a Tribuna Livre serve para aquele que é representado e quer contribuir, ocupe 10 minutos aqui nas sessões para colocar quais problemas vem percebendo e colocar para debate”, frisou Denise de Oliveira.


Ramão de Deus (DEM), presidente da Câmara, destacou como parlamentar, a importância da Tribuna Livre com o objetivo de serem ouvidas as entidades de classes com suas reivindicações. “ É um espaço democrático que está reservado para as pessoas que querem o progresso de Ponta Porã e nossa Casa de leis, através dessa iniciação, vem demonstrar transparência ao trabalho dos vereadores e que as pessoas venham manifestar seus pedidos”, finalizou o vereador Ramão de Deus.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORONAVÍRUS
Diagnosticado com covid-19, o vice-prefeito de Ponta Porã, Caio Augusto (PSD), está internado na UTI
POLÍTICA
Lei sobre Internet das Coisas pode gerar milhões de empregos
Avaliação é do Ministério das Comunicações
OPERAÇÃO MOTOR DE LAMA
RF, PF e CGU combatem esquema de lavagem de dinheiro e evasão de divisas no estado do MS
PONTA PORÃ
Polícia Militar prende dupla por porte ilegal de arma de fogo