Menu
Busca sexta, 05 de março de 2021

Vereadores de Ponta Porã são contra o fechamento do posto central

Vereadores de Ponta Porã são contra o fechamento do posto central

09 novembro 2011 - 07h55
Divulgação (TP)

A notícia do possível fechamento do tradicional Posto Central de Ponta Porã vem ocasionando várias especulações na cidade, inclusive de que seria um pedido dos vereadores para utilizar o espaço para área de estacionamento e novos gabinetes devido ao aumento de vereadores para a próxima gestão.

Na manhã dessa terça-feira (08), o vereador Ramão de Deus(DEM), presidente da Câmara de Ponta Porã se reuniu com os demais vereadores, Ludimar Novais (PPS), Adão Dauzacker (PT), Daniel Valdez Puka (DEM), Lourdes Monteiro (PTB), Dário Honório (PSDB), Osmar de Matos (PSDB), Marcos Benitez (PSDB), Dulce Manosso (PSDB) e Bruno Reichardt (PMDB), no intuito de organizar um manifesto contra o fechamento do Posto Central.

O presidente da Casa de Leis, vereador Ramão de Deus, informou que a Câmara não precisa daquele espaço para novos gabinetes e nem estacionamento, uma vez que o espaço hoje existente é o suficiente e abrigará todos os vereadores e funcionários mesmo com o aumento do número de cadeiras.

“ Nunca tivemos essa intenção e ouvi dizer que eram os vereadores que pediram o espaço do Posto Central, sendo essa uma inverdade. Nosso compromisso é com o povo, com o bem estar da população”, ressaltou Ramão de Deus.

Já o vereador Ludimar Novais, falando a nossa reportagem, informou que já protocolou na secretaria da casa um requerimento solicitando uma audiência pública para tratar deste assunto. Segundo o parlamentar a audiência poderá acontecer no dia 17, quinta-feira às 19 horas no plenário professor Isaac Borges Capilé, a matéria deverá ser aprovada pelo plenário na sessão desta quinta-feira, dia 10.

Os vereadores também foram unânimes afirmando que o que tem que ser feito é buscar recursos junto ao ministério da saúde e ao governo do estado para se construir uma nova unidade de saúde no lugar da antiga, visto que o prédio está muito velho e não oferece as melhores condições para atender a população.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL E PARAGUAI
Forças de Segurança estreitam relações para combater a criminalidade na fronteira
CRIME AMBIENTAL
Polícia Militar Ambiental de Batayporã autua mulher de 40 anos por maus tratos a cachorro
BOLETIM COVID
SES registra 23 novos óbitos por Covid, e MS já acumula 3.416 vidas perdidas
SAÚDE
Ocupação elevada de UTIs pode aumentar média de vítimas de covid-19