Menu
Busca segunda, 21 de setembro de 2020
Capital

Vereadores são empossados pela Câmara de Campo Grande

José Eduardo Cury (PT do B) era suplente e foi efetivado como vereador.

18 dezembro 2015 - 14h25Por Fonte: g1
A Câmara Municipal de Campo Grande empossou oficialmente Roberto Durães (PT) e Lívio Viana (PSDB) para o cargo de vereadores em cerimônia no Plenário Edroim Reverdito nesta sexta-feira (18). Eles assumiram a vaga de Thaís Helena (PT) e Delei Pinheiro (PSD), respectivamente, que foram cassados por compra de votos na eleição de 2012 pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

José Eduardo Cury (PT do B), também foi efetivado no cargo de vereador no lugar de Paulo Pedra (PDT), que teve o mantado cassado. Cury já ocupava cadeira na Câmara como suplente desde que Pedra foi licenciado para prefeitura da capital sul-mato-grossense para assumir o cargo de secretário de Governo.
Os três novos vereadores entregaram documentos necessários para assumir o cargo, sendo eles diploma de vereador, declaração de bens e declaração de não possuir incompatibilidade para o cargo.

Em seguida, os empossados assinaram o documento de posse, junto com o presidente da Casa, vereador João Rocha (PSDB) e do 2º secretário Carlão (PSB), e receberam das mãos do presidente o bóton da Câmara e carteira oficial do Poder Legislativo para identificação de vereador.Depois firmaram o compromisso legal de posse, com leitura de juramento e promessa de "cumprir e manter as constituições estadual e municipal, a Lei Orgânica do Município, observar as leis gerais pelo bem geral do povo e pela integridade e autonomia do município”.

Em seu discurso, Cury disse que a prioridade em seu mandato será assuntos ligados à saúde, áera em que atuou por 40 anos como médico. Lívio Viana comentou os desafios de assumir o cargo há um ano do fim do mandato e ressaltou que não é da base ou oposição. Durães relembrou as dificuldades que passou antes de chegar ao cargo e afirmou que trará hierarquização para a Casa de Leis, uma herança da época em que atuava como militar.

A eleição para os cargos de 2° vice-presidente e 1° secretário da Mesa Diretora, que ficam vagos. Será realizada nova eleição na última sessão ordinária de 2015, na próxima terça-feira (22).
Novela

No dia 29 de julho de 2013, a então juíza da 36ª Zona Eleitoral, Elisabeth Rosa Baisch, determinou a cassação dos três vereadores.
Mantidos nos cargos por força de liminar, Thais Helena, Delei Pinheiro e Paulo Pedra foram cassados após julgamento do TRE em 9 de dezembro de 2013.
Poucos dias depois, em 18 de dezembro de 2013, o TSE concedeu liminar permitindo que os vereadores voltassem a ocupar seus cargos até que o recurso deles contra a cassação de mandato fosse analisado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOTÍCIAS
Comissão de Acessibilidade do TJMS celebra um ano fazendo a diferença
EMPREGO
Funtrab tem 1.043 oportunidades de emprego disponíveis nesta segunda-feira
TRÊS LAGOAS
Operação Hórus/MS: Polícia Militar Rodoviária localiza mais de 600 kg de maconha em carreta que tombou
ECONOMIA
Trabalhadores nascidos em dezembro recebem hoje crédito do FGTS