Menu
Busca segunda, 25 de janeiro de 2021

"Avenida Brasil": Nina consegue primeira prova contra Carminha

"Avenida Brasil": Nina consegue primeira prova contra Carminha

06 julho 2012 - 10h25Por MSN
Enquanto Max (Marcello Novaes) dorme na chácara, Nina (Débora Falabella) vasculha gavetas e encontra uma conta de luz antiga da casa no nome de Carminha (Adriana Esteves). É uma prova de que sua inimiga tem um ninho de amor secreto para ficar com o amante.

Ainda grogue depois da bebedeira e de ter sido dopado, Max chama por Nina. Ela guarda na bolsa a prova que encontrou e, caprichando na encenação, dá a entender que os dois foram para a cama na noite anterior.

“Você não lembra? Pois eu nunca vou esquecer a melhor transa da minha vida”, dispara ela, mentindo.

Carminha tem certeza de que Max está de caso com outra mulher e vai até a chácara para dar um flagrante no malandro. O amante, que está com Nina, ouve o barulho do carro da perua e se desespera.

Nina o acalma e resolve se esconder. Carminha entra revirando tudo atrás da tal mulher e até cheira Max, atrás de vestígios.

“Perfume de mulher! Perfume bom. Quem é ela, Max?”, pergunta a vilã, desesperada. Max a manda embora e diz que está perturbado.

Sem saber que Nina está na cozinha ouvindo a conversa, a megera acaba falando mais do que deve.

"Perturbado? Igualzinho ao Jorginho. Mas também, ele teve a quem puxar. Você só me deu filho com defeito de fábrica: Jorginho e Ágata!", dispara.

Leandro (Thiago Martins) fica passado ao ver Suelen (Isis Valverde) chegando com Roni (Daniel Rocha) na casa de Diógenes (Otávio Augusto) e descobre que a periguete aceitou o pedido de casamento do amigo.

“Eu e a Suelen vamos casar de papel passado, Leandro”, confirma Roni.

Inconformado, Leandro vai para o treino e acaba descontando sua raiva em cima do melhor amigo.

Ele tenta se explicar, mas Leandro não quer nem saber. Chama o amigo de traíra e ainda dá um soco na cara dele.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Ainda sem aprovação do Orçamento 2021, governo deve controlar gastos
SAÚDE
Estados brasileiros começam a receber vacina de Oxford
SAÚDE
Número de casos de Covid-19 continua alto na maioria das cidades do Estado
NOTÍCIAS
Prêmio Sesc de Literatura abre inscrições para obras inéditas