Menu
Busca domingo, 22 de setembro de 2019
APRESENTADOR

Gentili perde ação e juiz não acha R$ 3.900 nas contas dele

29 julho 2019 - 12h00Por IstoÉ Gente

O Tribunal de Justiça de São Paulo determinou nesta semana a realização de pesquisa judicial em 13 contas, entre bancárias e de investimentos, do apresentador Danilo Gentili na tentativa de encontrar recursos para quitar R$ 3.900 referentes a um processo que ele moveu, e perdeu, contra a companhia aérea Latam. As informações são do UOL.

Em outubro de 2015, o Tribunal condenou Gentili ao pagamento de R$ 2.500 em honorários a advogados da empresa. O valor é cobrado porque a parte derrotada na ação tem que arcar com os custos do advogado da vencedora. Com multas e correções, a quantia subiu para R$ 3.900.

No entanto, ao tentar cumprir a decisão judicial, não foram encontrados recursos nas contas do apresentador.

A ordem judicial foi assinada na última quarta-feira (24). Como o dinheiro não foi encontrado, a parte credora tem cinco dias para solicitar outra forma de obter o valor pendente.

A briga entre Gentili e Latam começou em 12 de maio de 2012, durante um voo de Guarulhos para Belém. Gentili processou a empresa, então chamada TAM, por um desentendimento dentro do avião pouco antes da decolagem.

Na ação, o apresentador do SBT alega que um funcionário da Latam ordenou que ele se retirasse do assento na área de emergência. Gentili tinha pago por outra passagem, também na classe econômica, mas decidiu mudar para um assento maior no corredor de emergência que estava vago. Esse assento, com dimensão e preço maiores, era denominado “assento conforto”.

No processo, a defesa de Gentili disse que ele foi destratado por funcionários e que uma pessoa ligada à empresa ameaçou acionar a Polícia Federal, caso ele continuasse sentado naquela poltrona.

Em fevereiro de 2013, Gentili venceu a Latam em 1ª instância e havia ganhado o direito a indenização de R$ 30 mil por dano moral. A sentença favorável a Gentili foi reformada na 2ª instância. Em outubro de 2015, o Tribunal negou dano moral a Gentili e o condenou ao pagamento dos honorários do advogado da Latam. A defesa de Gentili não recorreu da decisão em 2ª instância.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CONTRABANDO
Polícia encontra 25 mil maços de cigarros e pneus contrabandeados dentro de veículos
ECONOMIA
Governo desbloqueia R$ 8,3 bilhões do Orçamento
CAPITAL
Após matar criança afogada, pai ligou para ex e inventou sequestro
POLÍCIA
Homem é multado em R$ 5 mil por incêndio para limpeza de terreno no perímetro urbano