Menu
Busca terça, 26 de março de 2019
(67) 9.9973-5413
PI SANESUL
MS

Unidos da Vila Carvalho é a campeã do Carnaval 2019 com enredo que comemora seus 50 anos

07 março 2019 - 16h30Por Da Redação

A Unidos da Vila Carvalho foi a grande campeão do Carnaval 2019 em Campo Grande. Com o enredo “Carnavais dos carnavais, jubilei de ouro da vila, conta, canta e encanta seus 50 anos”, a escola comemorou seu jubileu de ouro e foi a última a desfilar na avenida na terça-feira (5/3).

A escola foi fundada em 15 de outubro de 1969 e desde a fundação teve a Vila Carvalho como seu bairro. Felipe Duque, o “Felipão”, resolveu imortalizar o bairro com o nome da escola. No primeiro ano ela foi campeã, dando orgulho aos moradores do bairro e ao carnavalesco, a sua esposa, filhos, netos e bisnetos, que até hoje moram no bairro e têm uma ala na escola todos os anos. Depois do seu falecimento, em 1974, a escola teve um novo presidente, José Carlos de Carvalho. A escola ganhou o título no primeiro ano dele na presidência.

Este ano, a Comissão de Frente retratou a “Alegria da Vitória”, com as colombinas, e a “Tristeza da derrota”, com os pierrôs, mostrando o que é a realidade de uma escola de samba quando ela busca a vitória pelo seu desempenho e de vez em quando acontece a derrota. “Na escola temos uma comunidade que ama a escola e trabalha, torce, ajuda e sofre a ponto de deixar sua casa e se dedicar todo ano em executar as fantasias, ajudar nas costuras, bordar, colar, arrumar, criar como os carnavalescos, que deslumbram nosso povo no dia do carnaval com belíssimas fantasias”, afirmou a diretoria da escola para os organizadores do Carnaval 2019.

No carro abre-alas a escola homenageou os enredos e os carnavais da Vila, com o tema “Carnaval dos Carnavais”, mostrando o que a escola viveu nesses 50 anos. Na “Ala da Comunidade” a escola homenageou um integrante que toda a comunidade amava e respeitava, “Edson”, já falecido, que foi muito participativo e era diretor da Ala das Baianas.

A bateria, o coração da escola, representou o “estandarte de ouro”. Seus integrantes trabalham o ano inteiro para mostrar que em Campo Grande há uma bateria tão boa como a dos grandes centros.

Os passistas são pessoas da comunidade, que com beleza, brilho e glamour, mostram que têm samba no pé. Este ano a escola teve também uma ala que homenageou todas as porta-bandeiras e mestres-salas ao longo de sua história.

Encerrou o desfile o carro alegórico “Terreiro”, representando a quadra da Vila Carvalho, com seu presidente, José Carlos.

A segunda colocada foi a Escola de Samba Deixa Falar, com o enredo “Simplesmente, Glorinha Sá Rosa”, homenageando a professora que fez muito pela cultura do Estado, falecida há cerca de dois anos. “A professora Glorinha é um divisor de águas, existe a cultura sul-mato-grossense antes e depois dela. O tema nos foi indicado pelo Moacir do Grupo Acaba e tivemos várias pessoas que nos ajudaram a compor esta história, como Henrique de Medeiros, Roberto Figueiredo, Idara Duncan. A professora Glorinha trabalhou com teatro, cinema, música, em todo tipo de arte ela botou seu dedo”, disse o presidente da escola, Francis Fabiano.

A escola trouxe um breve resumo dos feitos da professora e historiadora, celebrando fatos exaltando a mulher que dedicou sua existência à cultura. “Podemos afirmar que, se nosso Estado tem talentos de sucesso nacionalmente, é porque teve uma base e este alicerce tem nome e sobrenome: Maria da Glória Sá Rosa”, afirmou Francis Fabiano.

A escritora Sylvia Cesco, que representou Maria da Glória Sá Rosa no carro alegórico, demonstrou toda sua emoção por sua professora no colégio estadual e na faculdade. “Convivi com a professora Glorinha por 41 anos, fizemos juntas projetos culturais, festivais de música, ela sempre me incentivou muito. Tínhamos uma afinidade muito grande, graças a ela me entreguei de corpo e alma à cultura. É uma energia que nos liga, que nos une”.

A terceira colocada do Carnaval 2019 foi a Igrejinha, que com o enredo “Scalise e Igrejinha, arquitetando folia, abençoado arteiro por natureza” homenageou o arquiteto Luis Pedro Scalise. O arquiteto foi escolhido por ele ser uma referência, e trouxe para a avenida parte de seus feitos realizados na Capital, que elevaram o estado de Mato Grosso do Sul a nível nacional.

A escola trouxe a ala “Casa e Cor”, os carros alegóricos “Pele Vermelha”, “Valley Tay” e “Realização dos Sonhos”, este último retratando a “Casa do Papai Noel”, todos projetos e realizações de Scalise. O arquiteto afirmou para a organização da escola que começou a perceber que estava conquistando seu espaço quando participava de feiras e vinham procurar pelo “sul-mato-grossense”. “Para o profissional, estas experiências mostram a força do Estado no País”.

As três primeiras colocadas receberão troféu e medalhas, além de simbólica quantia em dinheiro, cujos valores resultarão de consenso em reunião das escolas afiliadas à Lienca. A premiação é apenas para as três primeiras colocadas e será feita amanhã (8/3), em local a ser definido hoje. 

Confira abaixo a classificação e pontuação das escolas participantes. A decisão é resultado da soma de pontos dos 27 jurados, em apuração realizada na noite dessa quarta-feira de Cinzas, no Teatro de Arena do Horto Florestal: 

1) Vila Carvalho – 259,3
2) Deixa Falar – 258,8
3) Igrejinha – 256
4) Catedráticos do Samba – 242,8
5) Cinderela Tradição do José Abrão – 241,2
6) Unidos do Cruzeiro – 241,2
7) Aero Rancho – 224,2
8) São Francisco – 213,2

Houve empate no 5º lugar, entre as escolas Unidos do Cruzeiro e a Cinderela Tradição do José Abrão. Ambas conquistaram exatos 241,2 pontos. Conforme o regulamento, quando acontece o empate, há o sorteio de um dos nove quesitos julgados e ganha a Escola que tiver maior pontuação no quesito sorteado.  No sorteio, valeu a nota do quesito Alegoria e Adereços, e a Unidos do Cruzeiro ganhou pela diferença de 1,9 ponto.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TELEVISÃO
Globo sentencia destino do Bem Estar em novo contrato de Michelle Loreto
ECONOMIA
Produção industrial de Mato Grosso do Sul permanece estável
EM MS
Procon realiza pesquisa e detecta preços iguais na venda de GNV no cartão ou em dinheiro
MATO GROSSO DO SUL
Escolagov forma novas turmas em “SQL para iniciantes” e “Redação Oficial”