Menu
Busca sexta, 20 de setembro de 2019
ESTÉTICA

Conheça o sabonete de limpeza ideal para cada tipo de pele

18 junho 2019 - 13h30Por Terra

Por conta dos fatores externos, como a poluição e a ação nociva dos raios ultravioleta, muitas pessoas carregam no nécessaire sabonetes de limpeza profunda que prometem deixar a pele hidratada e livre de impurezas por mais tempo. No entanto, para garantir que a ação deste famoso cosmético seja realmente eficaz é fundamental que ele seja específico para cada tipo de cútis e formulado com princípios ativos especiais.

Isso porque, apesar de ter como principal função a limpeza profunda do rosto, o item de beleza inadequado pode remover a camada de gordura e ainda causar irritações, aspereza e até desidratação. Por isso, antes de adquirir o cosmético para deixar sua pele com brilho natural, conheça os tipos de sabonetes disponíveis no mercado, específicos para cada derme.

Pele normal

Com textura fina e superfície macia, a pele normal é a mais invejada entre as pessoas vaidosas, graças ao pH equilibrado que dificulta o desenvolvimento de problemas  como acne e manchas. Por isso, quem tem a sorte de desfilar com este tipo de cútis deve abusar dos sabonetes mais perfumados, feitos à base de alantoína ou cânfora - substâncias responsáveis por manter a oleosidade sob controle.

“O recomendado é aplicar o produto duas vezes por dia e sempre hidratar a cútis após a higienização”, afirma Rafael Ferreira, cosmetólogo da Clinica de Estética I-Mezzo, de São Paulo.

Pele oleosa

Durante a estação mais quente do ano, as glândulas sudoríparas - responsáveis pela produção de suor - são mais estimuladas e deixam a cútis com aspecto oleoso. No entanto, uma forma de reverter o quadro é lavar a pele com sabonete específico e formulado com hamamélis e própolis (substâncias capazes de diminuir o excesso de gordura), apenas uma vez por dia, logo pela manhã.

“À noite, o indicado é passar uma loção tônica adstringente para remover todos os resíduos do rosto, pescoço e colo. No dia seguinte, a dica é lavar as áreas com o tipo de cosmético recomendado”, avalia Katleen Conceição, dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

Além disso, é fundamental não lavar o rosto mais de duas vezes ao dia para evitar o famoso efeito rebote, responsável por deixar a pele ainda mais engordurada e com aparência suja.

Pele seca

Causado pelo clima seco ou pelo excesso de banho quente, o ressecamento cutâneo envelhece a pele e ainda remove seu brilho natural. O problema, porém, pode ser amenizado com a utilização de sabonetes hidratantes, feitos com extrato de semente de uva, lanolina, manteiga de karité e óleo de amêndoas, que prometem manter a derme nutrida e com aspecto saudável. O produto de beleza deve ser aplicado apenas duas vezes por dia sobre as regiões mais afetadas pelos fatores ambientais.

Pele mista

Combinação nada agradável para homens e mulheres, a pele mista é uma mistura da cútis seca com a oleosa que pode causar confusão na hora de comprar o sabonete ideal. Por isso, para não errar, o indicado é adquirir somente produtos específicos para a cútis seca ou oleosa, além de sempre hidratá-la após a higienização.

“Quem tem a pele mista também pode aplicar um tônico facial adstringente na ‘zona T’ do rosto e, em seguida, usar o sabonete específico para a cútis seca. Desta forma, evita-se que a pele sofra durante as estações muito quentes ou frias”, recomenda Rafael.
Pele sensível

Considerada a mais frágil dentre todos os outros tipos de pele, a cútis sensível fica vermelha com frequência e pode até desenvolver dermatites (alergias), o que requer o uso somente de sabonetes específicos, feitos sem muitos ativos. Além disso, a cútis deve ser higienizada apenas duas vezes por dia e jamais lavada com outro tipo de produto.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Bolsonaro pode abrir crise com Congresso se vetar novas regras eleitorais
CONDIÇÃO DE RÉU
Juiz nega pedido do ex-presidente Temer para viajar à Inglaterra
CAMPO GRANDE
Motorista de aplicativo que estava desaparecido é encontrado morto
BRASIL
Senado questionará ação da PF em gabinete de líder do governo