Menu
Busca segunda, 16 de setembro de 2019
SAÚDE

Em 9 meses, notificações por gripe aumentaram quase 37% em MS

12 setembro 2019 - 08h15Por Vinicios Araújo/Dourados News

As notificações por gripe em Mato Grosso do Sul, registradas entre janeiro e setembro deste ano, aumentaram em 36,9% comparado ao registro total em 2018. 

Segundo o levantamento do boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde, de 1028 casos notificados no ano passado, já são acumulados 1408 sinalizações para a gripe em todo o Estado. 

As cidades com maiores índices de suspeitas da doença são: 

- Campo Grande: 724 notificações;

- Naviraí: 99 notificações;

- Três Lagoas: 77 notificações;

- Aquidauana: 63 notificações;

- Dourados: 51 notificações.

Nesta semana, em Dourados, o levantamento mais recente apontou oito notificações por Influenza A H1N1, uma por H3N2, três por Influenza A não subtipado e outras 39 notificações por Síndrome Respiratória Aguda Grave. 

A segunda maior cidade do Estado já registrou duas mortes por H1N1. Ao todo, Mato Grosso do Sul já teve 64 óbitos, sendo a maioria na Capital (27). 

Três Lagoas registrou seis mortes por gripe, Corumbá e Aquidauana foram quatro, Ponta Porã três óbitos, Rio Verde do Mato Grosso e Sidrolândia tiveram duas mortes decorrente a doença.

Em Inocência, Porto Murtinho, Mundo Novo, Água Clara, Bela Vista, São Gabriel do Oeste, Ribas do Rio Pardo, Deodápolis, Fátima do Sul e Paraíso das Águas foi registrada uma morte. 

Dessas mortes a maioria foi provocada em decorrência do H1N1. Três ocorreram por H3N2 e outros três não subtipados. No levantamento desta semana, o índice de óbitos pela doença permaneceu estável em relação ao da semana anterior.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PONTA PORÃ
Em abordagem a van, policiais descobrem casal transportando droga para SP
PONTA PORÃ
Homem é preso após ameaçar e atirar pedras contra comerciante
GALEÃO
Receita apreende mais de 46 quilos de heroína em aeroporto
ECONOMIA
Endividamento e inadimplência do consumidor têm alta em agosto