Menu
Busca segunda, 21 de setembro de 2020
CAMPANHA SETEMBRO 15 á 30/09/2020
CIDADES

Mato Grosso do Sul registra isolamento abaixo dos 50% no fim de semana

20 julho 2020 - 11h30Por Portal do MS

Principal arma de enfrentamento ao novo coronavírus o isolamento social segue abaixo do ideal em Mato Grosso do Sul. As taxas mapeadas no fim de semana mostram que embora algumas cidades tenham adotado regras mais rígidas de mobilidade social a movimentação ainda foi maior que o número de pessoas que permaneceu em casa. No sábado (18) o índice estadual ficou em 42,2% e no domingo (19) foi de 49,3%.

No comparativo com os mesmos dias do mês de julho, as taxas foram as melhores registradas no mês. Vale lembrar que o Estado está entre as oito unidades da federação com maior alta de mortes em decorrência da Covid-19. Nas últimas 24 horas houve aumento de 234 testes positivos e 6 novos óbitos foram computados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES). 

Mesmo com as novas medidas restritivas e o não funcionamento de atividades não essenciais no final de semana, Campo Grande elevou em apenas 3,5% o índice de isolamento social comparado ao anterior, conforme monitoramento de dados na Superintendência de Gestão da Informação (SGI). A taxa do sábado foi de 46% e de 49,3% no domingo.

Comparativo taxas de Campo Grande

Nos dez municípios com maior incidência de casos confirmados da doença o comportamento da população neste domingo foi: Guia Lopes da Laguna (48,2%), Douradina (60,9%), Juti (57,5%), Dourados (52,7%), Bataguassu (52,7%), Vicentina (46%), Fatima do Sul (46,4%), Rio Brilhante (49,7%), São Gabriel do Oeste (74,3%) e Chapadão do Sul (46,2%).

Com taxas que vão do exemplar 74,3% ao preocupante 39,5%, a lista completa de cidades sul-mato-grossenses e suas respectivas taxas de isolamento social pode ser conferida aqui.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA
Bombeiro em Dourados morre durante acidente em Santa Catarina
INTERNACIONAL
TikTok move processo para tentar reverter banimento nos EUA
INTERNACIONAL
Museu sobre acidente nuclear de Fukushima abre suas portas
INTERNACIONAL
Protestos contra monarquia ganham força na Tailândia