Menu
Busca sexta, 15 de fevereiro de 2019
(67) 9.9973-5413
GERAL

Militares vão atuar de forma mais intensa no Programa Mais Médicos

17 janeiro 2019 - 09h00Por Agência Brasil

O Ministério da Defesa autorizou o emprego das Forças Armadas em apoio a parte logística do Programa Mais Médicos. A decisão, publicada no Diário Oficial da União (DOU), vale para todo o território nacional e detalha a atuação do Exército, da Marinha e da Aeronáutica.

O ministro da Defesa, Fernando Azevedo, estará no comando das ações envolvendo os médicos militares no programa, de acordo com o texto publicado no Diário Oficial.

Na portaria publicada, na seção 1, página 19, os militares atuarão para a recepção, hospedagem, transporte e distribuição dos médicos intercambistas e supervisores nos municípios de atuação em apoio ao programa.

Haverá um oficial de cada Força para assumir a função de ligação entre os demais e assim trocar informações e definir ações.

De acordo com os coordenadores do programa, os militares participam do Mais Médicos na recepção dos integrantes do programa em aeroportos e no deslocamento aéreo para capitais e centros de capacitação.

O apoio logístico será feito de forma integrada com os ministérios da Saúde e da Educação e Casa Civil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MS
MPF pede nova vistoria em barragens de Corumbá
NAVIRAÍ
Justiça mantém decisão reforma de unidade de saúde deve ser feita em 90 dias
EM DOURADOS
Antes de ser transferido para a PED, homem que tramou assassinato de empresário tentou se matar
PMA
Pecuarista desmata ilegalmente mais de três hectares e multada