Menu
Busca domingo, 16 de junho de 2019
SAÚDE PÚBLICA

Na 9ª Conferência Estadual de Saúde, governo reafirma compromisso com a regionalização

05 junho 2019 - 10h08Por Dourados News

Implementar a regionalização objetivando oferecer saúde de qualidade mais próxima dos cidadãos. Esse é um dos principais desafios do governo do Estado de Mato Grosso do Sul, segundo a fala do secretário de Estado de Saúde Geraldo Resende durante a abertura da 9ª Conferência Estadual de Saúde, cujo tema é “Democracia e Saúde” que teve início ontem e termina hoje (5/6), no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo, em Campo Grande.

Representando o governador Reinaldo Azambuja, Geraldo Resende apresentou um relatório das diversas ações que vêm sendo adotadas na atual gestão estadual. Entre investimentos em construções, reformas e ampliações de hospitais, entrega de veículos e equipamentos, capacitação técnica e custeio de serviços, insumos e aparelhos, o secretário disse que a meta é qualificar o atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) em todo o Mato Grosso do Sul.

Com a participação de delegados eleitos nos 79 municípios do Estado, a Conferência tem como objetivo debater a construção de políticas públicas que visem à melhoria nos serviços de saúde. Para tanto, estão programadas palestras sobre a consolidação do SUS nos municípios, e financiamento adequado e suficiente para o Sistema Único de Saúde, b em como a aprovação do Relatório Final da Conferência e eleição dos delegados que participarão da 16ª Conferência Nacional, que acontecerá entre os dias 4 e 7 de agosto deste ano em Brasília.

Além do secretário estadual de Saúde Geraldo Resende, participaram da mesa de abertura dos trabalhos, na manhã desta terça-feira, o secretário executivo do Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde), Jurandi Frutuoso; o secretário municipal de Saúde de Campo Grande, José Mauro; o presidente do Conselho Estadual de Saúde Florencio Garcia Escobar; Márcia Moraes, coordenadora do segmento dos Usuários do SUS; Edelma Peixoto, coordenadora do segmentos dos Gestores e Prestadores; Giane França Álvares, coordenadora do segmento dos Trabalhadores; vereador Dr. Lívio, de Campo Grande; deputado Antonio Vaz, presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de MS.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Com apoio de professores, estudantes marcham até UFGD e ocupam reitoria
NAVIRAÍ
Agentes brigam dentro de penitenciária por discordarem de ordens da diretoria
POLÍTICA
Moro diz que pode ter cometido um "descuido formal"
POLÍCIA
Homem tenta matar esposa após denúncia por agressão