Menu
Busca quarta, 01 de abril de 2020
Dourados

Plano prevê isolamento para linha de frente contra o Covid-19 no HV

26 março 2020 - 16h30Por Dourados News

O plano de prevenção e controle de infecção ao Covid-19 desenvolvido pelo SCIH (Serviço de Controle de Infecção Hospitalar) prevê que a equipe da linha de frente nas áreas de isolamento – incluindo equipe da área de saúde, técnicos e equipe de logística – deve viver em um alojamento isolado e não deve sair sem permissão.

Publicado na edição desta quinta-feira (26) do Diário Oficial do Município, o documento apresenta a reformulação que objetiva prevenção e gestão da infecção por SARS-COV-2 e reduzir a incidência da transmissibilidade hospitalar, bem como manejo dos pacientes referenciados.

Para os profissionais da linha de frente, que atuam nas tendas montadas fora do hospital, é recomendado que uma dieta nutritiva deve ser fornecida a fim de melhorar a imunidade da equipe médica. Também há orientação para que seja monitorado e registrado o status de saúde de todos os funcionários no trabalho.

É detalhada a necessidade do monitoramento de saúde da equipe da linha de frente, incluindo a temperatura corporal e os sintomas respiratórios, bem como de ajudar a resolver quaisquer problemas psicológicos e físicos que surjam com especialistas relevantes.

Caso a equipe apresente algum sintoma relevante, como febre, deve ser isolada imediatamente. Além disso, ao terminarem seus trabalhos na área de isolamento e retornarem à vida normal, esses profissionais deverão, primeiro, ser testados com o NAT para SARS-CoV-2. “Se negativo, eles devem ser isolados coletivamente em uma área especifica por 14 dias antes de serem liberados da observação médica”, consta no plano.

Quanto às pessoas diagnosticadas com o novo coronavírus, a recomendação é para recusar visitas e cuidados por parte dos familiares. “Os pacientes devem manter os seus dispositivos de comunicação eletrônica para facilitar as interações com os entes queridos”, detalha.

Caberá aos profissionais de saúde educar “os pacientes para ajudá-los a evitar a disseminação do C0VID-19 e forneça instruções sobre como usar máscaras cirúrgicas, lavagem adequada das mãos, medidas adequadas durante a tosse, observação médica e quarentena em casa”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOTÍCIAS
Justiça indeniza consumidora que adquiriu seguro e não foi ressarcida
SAÚDE
TRF2 suspende liminar que fixava verbas para combate ao coronavírus
SAÚDE
Paraguai fecha estradas para evitar disseminação do coronavírus
ECONOMIA
Banco prorroga prazo para pagar parcelas do FCO Empresarial