Menu
Busca terça, 11 de agosto de 2020
SES - CORONAVÍRUS 11 e 12 08 2020
SAÚDE

Recuperados da covid-19 se aproximam de 23 mil no Brasil

Taxa de recuperação da doença está em 56,7%, diz Ministério da Saúde

21 abril 2020 - 14h00Por Agência Brasil

O Brasil registrou, até segunda-feira (20), 22.991 pessoas recuperadas da covid-19, segundo dados do Ministério da Saúde. O número foi divulgado sem detalhamento por estado.

A taxa nacional de recuperação da doença encontra-se em 56,7%, uma pequena melhora em relação aos 55% registrados em 14 de abril, quando o ministério começou a divulgar o número de recuperados. O país tem 40.581 pacientes diagnosticados, segundo os dados divulgados ontem (20).

O ministério contabiliza como recuperado o paciente com confirmação do novo coronavírus que recebeu alta hospitalar após internação e também os confirmados sem internação, mas que deixaram de apresentar sintomas depois de ficar em casa.

Enquanto a taxa de recuperação se mantém acima da metade dos casos, o índice de letalidade encontra-se em 6,3% dos casos confirmados. No Brasil, foram registradas 2.575 mortes até ontem (20).

As hospitalizações por covid-19 chegaram a 8.318. O total de pessoas internadas por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em investigação totalizaram 42.817. Outras 15.752 foram denominadas SRAG “não especificado”. 

Ontem (20), o ministro da Saúde, Nelson Teich, anunciou ter aumentado para 46 milhões o número de testes que a pasta pretende comprar para ampliar os diagnósticos.  

“Isso é importante para entender a doença, a evolução e fazer um planejamento para revisão do distanciamento social”, disse Teich, em vídeo divulgado pela assessoria do Ministério da Saúde. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Débitos de difícil recuperação com o Simples podem ser parcelados
ECONOMIA
Dólar fecha em alta em dia negativo para moedas emergentes e vai a R$ 5,46
JUSTIÇA
Fachin nega recurso da PGR para ter acesso a dados da Lava Jato
ECONOMIA
Governo quer ampliar relações comerciais de MS com a Índia e atrair investimentos para o Estado