Menu
Busca sexta, 15 de janeiro de 2021

Anderson deve deixar seu cinturão vago para fazer superluta contra GSP nos meio-médios, diz site

08 agosto 2012 - 13h10
Uol

Ele reportou que em conversas com o altíssimo escalão do UFC foi revelado que essa ideia já está avançada para o brasileiro e que deve acontecer em 2013, podendo ele fazer ou não mais uma defesa de cinturão dos médios. Com isso, ele resolveria o “problema” que o evento tem, com a categoria estagnada com a falta de desafiantes para o Spider.

Para que isso aconteça, no entanto, é necessário que o canadense GSP vença o campeão interino dos meio-médios Carlos Condit, no UFC 154, em novembro, mantendo seu cinturão.

Essa enorme mudança também pode afetar outro brasileiro que tem a mesma equipe de empresário de Anderson Silva, Lyoto Machida, o que também deve ter entrado nessa negociação.

Machida será o próximo desafiante pelo cinturão dos meio-pesados, em sua terceira chance de ficar com o título. Em caso de derrota – para Jon Jones ou Dan Henderson – ficaria politicamente impossível ele ter uma nova oportunidade de ser campeão da categoria. Sem Anderson nos médios, Lyoto estaria livre para descer de peso e recomeçar seu caminho por um título.

Vale a pena ressaltar que tanto Lyoto Machida quanto Anderson Silva não teriam maiores problemas para descer de categoria, já que pouco sofrem para bater seus atuais pesos.

A conferir se essa revolução toda realmente vai se concretizar. No papel, pelo menos, poderia ser muito interessante para o evento e para os fãs de MMA, que poderiam ver novos grandes combates, novos campeões e a superluta que todos querem ver.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Ipea aponta inflação de 6,22% para as famílias mais pobres em 2020
Habitação e alimentos impactaram inflação das famílias de menor renda
CAMPO GRANDE
Policiais civis prendem suspeito de homicídio momentos após o crime
ECONOMIA
Produção agropecuária de 2020 alcança R$ 871 bilhões
SAÚDE
MS chega à metade de janeiro com 272 mortes por Covid-19