Menu
Busca sexta, 15 de janeiro de 2021

Dana White detona arbitragens 'rídiculas' e volta a exigir replays instantâneos

Dana White detona arbitragens 'rídiculas' e volta a exigir replays instantâneos

12 junho 2012 - 15h25
Uol

De tempos em tempos, o UFC sofre com arbitragens e decisões polêmicas de juízes laterais. O assunto voltou à tona com o que se viu no boxe, na vitória discutível de Timothy Bradley sobre Manny Pacquiao no último fim de semana. O presidente do Ultimate, Dana White, mostrou publicamente sua insatisfação e, nesta terça-feira, voltou a pedir o uso de replays instantâneos para consertar a situação “ridícula” pela qual eles tem enfrentado também no MMA.

Depois do combate de Pacquiao, Dana criticou a Comissão Atlética de Nevada, responsável pela arbitragem da luta e disse que a entidade é a pior dos Estados Unidos.

“Os árbitros precisam ver os videoteipes das lutas, sentar e analisar tudo depois dos combates. Além disso, todos os outros esportes usam a tecnologia para melhorarem e se tornarem mais jstos. Exceto pelas modalidades de combate. Temos de usar os replays instantâneos”, afirmou Dana White, em coletiva do UFC 150, em Denver, nos EUA.

“As comissões estão ali nas lutas. Elas podem analisar replays na hora, não é uma coisa ruim. Se há uma má decisão, ela pode ser consertada ali, naquela noite. É ridículo, isso precisa ser feito. Mas eles não me escutam... Que diferença faz falar?”, lamentou o dirigente.

Um caso famoso em que Dana pediu os replays foi no UFC 142, no Rio, quando o capixaba Erick Silva foi desqualificado por golpes ilegais, na nuca de seu rival, Carlo Prater.

“Esses problemas acontecem toda semana no UFC. Quanta energia gastamos nisso? Isso afeta a todos, inclusive os lutadores, seus carteis, seus históricos e seu futuro. É algo que precisa ser consertado”, completou.

O replay instantâneo chegou a ser usado no evento. Em 2009, em Las Vegas, Jon Jones foi desqualificado por uma cotovelada ilegal em Matt Hamill. O golpe foi analisado pelo árbitro em vídeo, alterando o curso do combate.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BR 158
PMA autua empresa mato-grossense por derramamento de cerca de 22 mil litros de combustível
ECONOMIA
China contribuiu com mais da metade do superávit comercial do Brasil
RIO BRILHANTE
Polícia Civil prende suspeitos de tráfico de drogas que faziam parte organização criminosa
NOTÍCIAS
Negada indenização a comprador de veículo que não comprovou defeito em motor