Menu
Busca sábado, 19 de janeiro de 2019
(67) 9.9973-5413
INSTITUCIONAL TOPO
ESPORTE

Felipão vai a julgamento nesta sexta-feira pelo STJD

26 outubro 2018 - 09h10Por Da Redação

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) marcou para esta hoje (26/10) o julgamento de Alexandre Mattos e de Luiz Felipe Scolari por incidentes em jogos contra o Cruzeiro, no dia 26 de setembro, pela Copa do Brasil, e no dia 30 do mesmo mês, pelo Brasileirão.

O Tribunal explica que o técnico será julgado por incitar o ódio e a violência e foi enquadrado no artigo 243-D do CBJD, com a pena prevista de suspensão de 360 a 720 dias e multa entre R$ 100 e R$ 100 mil. O diretor foi enquadrado por desrespeitar a arbitragem e responderá no artigo 258 do CBJD que tem como pena prevista a suspensão por 15 a 180 dias a dirigentes.

Se condenado, Felipão já não poderá comandar o Palmeiras na beira do gramado contra o Flamengo, amanhã (27/10). Mattos não poderia assinar documentos e também não frequentaria ambientes oficiais de jogo.

A explicação para a infração do técnico leva em conta um episódio no jogo da Copa do Brasil, disputado no dia 26. Na ocasião, ele proferiu a seguinte frase aos atletas do Cruzeiro na saída dos times do gramado, já no vestiário: "Vocês vão lá domingo. Podem esperar sentadinhos".

Segundo o STJD, a frase foi responsável direta pela confusão entre seguranças registrada no dia 30, no Estádio do Pacaembu. Por isso, a infração do técnico foi citada no edital de intimação com a data do jogo do Brasileiro.

O texto continua e diz que Mattos, por sua vez, será julgado por ter subido até o gramado para reclamar da arbitragem. Na súmula, o árbitro disse que houve uma reclamação de forma acintosa. Esse episódio foi registrado no dia 30 de setembro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CHAPADÃO DO SUL
Após partida de futebol, estudante de medicina morre em casa
GERAL
Brasil é 5º país em ranking de uso diário de celulares no mundo
CAMPO GRANDE
Homem tenta furtar veículo, mas acaba amarrado e linchado por moradores
EDUCAÇÃO
MEC lança programa para simular nota no Sisu