Menu
Busca quinta, 28 de janeiro de 2021

Grêmio supera problemas e ignora novo encontro com desafeto Ronaldinho Gaúcho

Grêmio supera problemas e ignora novo encontro com desafeto Ronaldinho Gaúcho

25 junho 2012 - 08h25
Uol

O Grêmio ignorou completamente a proximidade de um novo encontro com Ronaldinho Gaúcho. O assunto virou pauta logo após a vitória contra o Flamengo. Mesmo com o próximo jogo sendo diante do Atlético-MG, em Porto Alegre, ninguém sequer citou o adversário que é desafeto do clube.

Cria do Olímpico, a maneira que Ronaldinho Gaúcho deixou o Grêmio em 2001 - sem gerar praticamente lucro algum para o clube - e a negociação frustrada de 2011 - quando acertou com os gaúcho e depois preferiu proposta do Flamengo - o tornaram inimigo número 1 dos gremistas.

Ao retornar a Porto Alegre como adversário, no fim do ano passado pelo Fla, R10 ouviu fortes vaias durante toda partida. O clima que antecedeu o jogo foi bélico. A torcida portoalegrense fez faixas, cartazes com notas de dinheiro e o rosto do craque, músicas, xingamentos, tudo para perturbar o jogador. Em campo ele nada sentiu, mas seu time acabou derrotado.

Vanderlei Luxemburgo era treinador do Flamengo na ocasião. Mas com o tempo também teve muitos problemas com Ronaldinho. O próprio clube carioca não tardou a 'se livrar' do meia. Hoje, Luxa sequer cita seu ex-comandado e os aficionados do Fla concordam que ele não merecia tamanho apreço.

"Vou reencontrar o Atlético. É um jogo importante pela pontuação. Uma vitória em casa nos faz ficar na frente deles. Vamos trabalhar em cima disso. É um jogo decisivo", disse Vanderlei Luxemburgo, ignorando o duelo com Ronaldinho.

O mesmo expediente foi adotado por todos os jogadores do Grêmio. Ninguém deu muita importância por rever o camisa 49 do Atlético-MG.

"Vamos pegar um concorrente direto. Um time que vem jogando bem. Vamos ter uma semana para trabalhar detalhes. Mas jogamos em casa e temos que impor nosso ritmo", salientou Werley.

Com problemas superados, o Grêmio não dá a mesma importância ao rever Ronaldinho Gaúcho. Até por isso, os jogadores terão dois dias de folga e só voltam a trabalhar na quarta-feira. O duelo com os mineiros está marcado para o próximo domingo, às 18h30.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE
Ação conjunta prende um casal por furto e outros dois indivíduos
VALE UNIVERSIDADE
Termos de compromisso devem ser entregues esta quinta, dia 28
SAÚDE
Variante do coronavírus faz países suspenderem voos com o Brasil
NOVA ANDRADINA
Polícia Militar prende homem por porte de arma