Menu
Busca domingo, 24 de maio de 2020
POWERLIFTING

Paratleta de MS defende título em competição nacional de força

08 novembro 2019 - 10h15Por Dourados News

O paratleta Jorge Souza de Arruda disputará, pela segunda vez, a Copa Brasil de Powerlifting. A competição, organizada pela Confederação Brasileira de Desportos de Deficientes Visuais (CBDV), será no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, em São Paulo (SP), neste final de semana, dias 9 e 10 de novembro.

O sul-mato-grossense é o atual campeão da categoria 75 a 80 quilos, na classe B2, para atletas com baixa visão. Arruda será o único atleta de Mato Grosso do Sul no torneio na capital paulista e terá a missão de defender o título nesta edição. O ouro conquistado em 2018 foi histórico, por ser a primeira medalha obtida na modalidade por um paradesportista.

“A expectativa é a melhor possível. Ganhei no ano passado, trabalhei bastante esse ano para melhorar e, apesar das dificuldades do dia a dia, de conciliar o trabalho aos treinamentos, considero que estou pronto para a competição e quero ter um bom desempenho, dar o meu melhor. Só tenho a medalha em mente, de preferência em primeiro lugar”, avalia Arruda, que representa a Associação dos Deficientes Visuais de Mato Grosso do Sul (ADIVMS) e atualmente é treinado por Lendel Diniz.

Arruda faz musculação há 15 anos, mas começou a praticar o powerlifting em 2017. Segundo ele, ter a tarefa de sustentar a hegemonia em sua categoria redobra a responsabilidade.

A modalidade

O powerlifting é uma modalidade de força, na qual o atleta objetiva levantar o maior peso possível em cada um dos exercícios que compõem o esporte: agachamento, supino e peso-morto.

O esporte foi oficialmente reconhecido em 1960. A federação internacional, International Powerlifting Federation (IPF), foi fundada 13 anos depois.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CIDADES
Governo vai distribuir 40 mil máscaras para famílias carentes
POLÍTICA
Projeto prevê multa para quem divulgar fake news sobre pandemia
INTERNACIONAL
'Imagine o que foi dito longe da câmera', diz Greta Thunberg sobre Salles
MODUS OPERANDI
Traficantes estão usando motoristas de aplicativos para transportar drogas