Menu
Busca quinta, 27 de junho de 2019
COPA AMÉRICA

Seleção tem 11 'espiões' para passar informações a Tite

03 junho 2019 - 17h00Por Dourados News

Com o equilíbrio do futebol atual, a quantidade de informações sobre os times pode fazer a diferença na hora de decidir uma partida. É com esse pensamento que a comissão técnica elaborou um planejamento de observações completo para esta Copa América 2019. Serão 11 profissionais envolvidos com a coleta e análise de dados das equipes participantes da competição.

A Seleção Brasileira conta com cinco integrantes da sua delegação voltados para esta função. Fernando Lázaro, Thomaz Koerich, Matheus Bachi, e Bruno Baquete estarão com o time durante toda a Copa América. Os dois primeiros ainda têm a missão de gravar e editar imagens sobre os treinamentos.

Dudu Bressane, que completa a equipe de observadores, se dividirá entre o Brasil e seus adversários.

Para completar o planejamento, a CBF trouxe novamente os clubes para participar do processo. Em cada estádio da Copa América do Brasil haverá um analista de desempenho escalado para auxiliar a Seleção Brasileira. Eles assistirão a todas as partidas de suas sedes, independentemente se os times em questão serão adversários do Brasil ou não.

Na Copa do Mundo de 2018, a comissão técnica da Seleção Brasileira já havia adotado expediente similar. Na ocasião, 19 clubes da Série A do Brasileirão cederam profissionais para levantar dados e informações sobre as 31 seleções que estariam no mundial. A avaliação do trabalho em conjunto foi positiva.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CONTRABANDO
Após fuga, casal que transportava R$ 90 mil em eletrônicos é capturado
ESPORTE
Brasil abre amanhã contra Paraguai as quartas de final da Copa América
POLÍCIA
Laudos confirmam abusos contra crianças e professora de creche é presa
TERRAS
Índios de MS fazem vigília no STF para defender demarcação em Caarapó