Menu
Busca domingo, 24 de janeiro de 2021

Acusado de matar homem em boate se entrega a polícia

24 julho 2012 - 08h43
*Fonte: Daniele Niki - informações Patrulha da Cidade

Giorgi Volpe Ajala, de 24 anos, se apresentou nesta segunda-feira (23) no 1° Distrito Policial para apresentar sua versão sobre a morte de Autélio Avelino da Silva, 27 anos, ocorrida na madrugada deste domingo, em uma boate de Dourados.
Segundo ele , ele teria esbarrado na vítima dentro da boate e retornou para pedir desculpas. A vítima não teria dito nada, mas teria retornado momentos depois acompanhados de cinco amigos e teriam começado a agredir Giorgi.
Os envolvidos na briga foram expulsos do local pelos seguranças, e o acusado teria ouvido um dos amigos da vítima falar que buscaria a arma que estava no carro. Giorgi também foi até o carro e pegou a arma, momento em que a vítima teria aparecido apontando um revólver.
Giorgi não soube informar a policia quem começou os disparos, mas disse que após o tiroteio foi atingido com um tiro no braço direito e durante a fuga por causa do ferimento teria deixado a arma cair. Ele teria tentado voltar para pegar a arma, momento em que foi perseguido por varias pessoas e fugiu.
Ele se apresentou ao delegado Humberto Perez Lima em um depoimento que durou pouco mais de duas horas e afirmou que agiu em legítima defesa.
Até o momento Giorgi deve responder em liberdade, e deve passar por um exame de perícia médica. O casa ainda esta sendo apurado e no momento a policia analisa as gravações da segurança da boate.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Ainda sem aprovação do Orçamento 2021, governo deve controlar gastos
SAÚDE
Estados brasileiros começam a receber vacina de Oxford
SAÚDE
Número de casos de Covid-19 continua alto na maioria das cidades do Estado
NOTÍCIAS
Prêmio Sesc de Literatura abre inscrições para obras inéditas