Menu
Busca segunda, 21 de setembro de 2020

Acusados de matar juíza no Rio vão vir para presídio de Campo Grande

Acusados de matar juíza no Rio vão vir para presídio de Campo Grande

14 dezembro 2011 - 18h53Por CG News
Campo Grande vai receber mais uma leva de criminosos vindos do Rio de Janeiro para o Presídio Federal de Segurança Máxima de Campo Grande. Foi autorizada ontem a transferência dos cinco presos daquele Estado para Mato Grosso do Sul, entre eles dois policiais acusados de envolmiento na execução da juíza Patrícia Acioli, no dia 11 de agosto.

Chegam hoje em Campo Grande o tenente-coronel Claudio Luiz Silva de Oliveira e o tenente Daniel Santos Benitez Lopez, presos em Bangu I. Aqui, devem ficar em RDD (Regime Disciplinar Diferenciado). Os dois são os principais acusados do assassinato da juíza e já respondem por homicídio triplamente qualificado, por motivo torpe, mediante emboscada e com o objetivo de assegurar a impunidade do arsenal de crimes. São acusados, ainda, de formação de quadrilha.

Ainda esta semana, também serão transferidos para o presídio federal em Campo Grande os traficantes Nelson Rodrigues dos Santos, vulgo “Nelsinho da Mineira”, Sergio da Costa Brum, vulgo “Trajano”, e Julio Cesar Coelho Costa Junior, o “Periquito”.

A decisão é de ontem, do presidente do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, Manoel Alberto Rebêlo dos Santos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

R$ 60 MIL
Família será indenizada pela morte do filho em baile funk
JUSTIÇA
TST determina fim da greve dos Correios
NOTÍCIAS
Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida
POLÍTICA
Interesses ocultos usam meio ambiente para prejudicar país, diz Heleno